Restaurantes

7 restaurantes na Comporta perfeitos para jantar após um dia na praia

A antiga vila piscatória é um dos refúgios favoritos da elite internacional. Não é difícil perceber porquê.
O JNcQUOI entra agora na Comporta. Foto: Francisco Almeida Dias

Praias paradisíacas, tranquilidade e boa comida. Este trio transformou a Comporta num dos destinos preferidos da elite internacional. Christian Louboutin é um desses casos. O criador de sapatos francês rendeu-se aos encantos da pequena vila piscatória no distrito de Grândola e acabou por se instalar na região, onde já abriu um hotel — e não foi o único.

O designer Philippe Starck é apaixonado pela região; Charlotte Casiraghi, filha da princesa Carolina do Mónaco, costuma passar férias na casa da madrinha na aldeia de Muda; o ex-primeiro-ministro Sarkozy e a mulher Carla Bruni também gostam de dormir por lá. Madonna já considera a pequena vila, a sua segunda casa em Portugal e faz questão de passar por lá para jantar sempre que visita o nosso País.

A última vez, em agosto de 2023, a cantora decidiu jantar JNcQUOI Beach Club. O grupo é já uma referência no setor do luxo. O restaurante homónimo, restaurante na Avenida da Liberdade (em Lisboa) e o Asia, praticamente na porta ao lado, tornaram-se dois incontornáveis na capital. Porém, o clã Amorim — herdeiros do império deixado por Américo Amorim, e que controla atualmente a Corticeira Amorim, a Galp Energia e ainda a Amorim Luxury, que detém a Fashion Clinic e o JNcQUOI — não desistiu até fazer uma jogada de mestre na Comporta.

Embora não saibamos ao certo o que a diva da pop comeu, conseguimos pensar em algumas opções, como o cocktail de caranguejo real (45€) ou o carpaccio de bacalhau, alcaparras e rúcula (18€). No final, apostamos que deve ter provado a nova sobremesa da marca JNcQUOI: a baba de tubarão, que custa 12€ e que conta com os ingredientes da região da Comporta, como arroz e pinhões, acabando por proporcionar um equilíbrio entre o doce e a acidez.

Tal como acontece com o espaço do grupo Amorim, durante os meses de verão há muitos espaços com residência oficial noutras cidades do País que rumam à Comporta. O Canalha do chef João Rodrigues vai ter a partir de 26 de junho vai ter um pop up dentro do hotel Sublime Comporta, onde antes se encontrava a Tasca da Comporta.

O restaurante “mais bem-disposto” que Lisboa já conheceu também se mudou para a vila no distrito de Setúbal. Volvidas quase duas décadas, o conceito renasceu no início de maio, na Comporta. Conhecido pelos bifes, pelas paellas e pelo fondue, o espaço lisboeta encerrou em 2005. Agora, “a comida de sempre” é servida num “refúgio campestre”.

O Sal é um dos locais incontornáveis na região. Após 12 anos na praia do Pego, o famoso restaurante mudou-se — mas não para muito longe. A 1,5 quilómetros da morada onde funcionou mais de uma década, o restaurante instalou-se na praia do Carvalhal — onde, até recentemente podia encontrar O Dinis — Restaurante dos Pescadores.

No novo Sal serve-se a icónica sopa de peixe (38€), o arroz Nero de choco e aioli (55€) e a picanha (65€), um dos pratos mais pedidos, que acompanha com feijão-preto, batatas fritas, farofa e arroz de bacon. O peixe grelhado, que tanta fama trouxe à casa, também não pode faltar. As opções mudam todos os dias, consoante o mais fresco que surge na lota, pelo que se recomenda pedir “à equipa o que chegou do mar”. “Mas temos muitas outras coisas”, asseguram.

Nos próximos dias o tempo vai estar agradável para estender a toalha ao sol e fazer uma visita à esplanada preferida. No topo de uma duna ou ao pé da areia, qualquer pretexto é bom para assistir ao pôr do sol enquanto petiscamos e bebemos um copo sozinhos ou acompanhados.

Saber quais são os melhores espaços das redondezas é uma mais-valia para evitar chegar a casa depois das 9 horas da noite e ainda ter de se preocupar com os banhos dos miúdos e em preparar o jantar. Boas opções não faltam, seja junto à praia ou um pouco mais longe.

Carregue na galeria para descobrir sete restaurantes onde pode terminar (ou mesmo começar) um dia de praia.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT