restaurantes

8 sítios para comer um brunch em família (bem longe da Covid)

Em esplanadas, com regras apertadas e ao domicílio. Esta é a nova era pandémica dos pequenos-almoços tardios.
Uma esplanada fica sempre bem.

A pandemia mudou as regras no setor da restauração e foram vários os casos em que os buffets acabaram por ser substituídos. Os brunches de fim de semana eram muitas vezes servidos neste sistema. Ainda assim, não deixaram de se fazer. Foram criadas novas medidas nos espaços tudo para os manter seguros e para que continue a procurar um pequeno-almoço tardio.

Um dos que apresentam um novo sistema é o restaurante do Myriad, na Torre Vasco da Gama, em Lisboa. O brunch de domingo deixou de ser buffet livre. Agora, existe apenas uma estação de quentes na sala, mas os clientes são sempre servidos à mesa — sem terem de se levantar.

Outras das formas de se sentir seguro é procurar espaços em esplanadas. O Lorosae Sol Nascente, na Caparica, por exemplo, começou no início de outubro com um novo serviço de brunch servido com vista para o mar. Pode ser pedido aos sábados e domingos.

Existe ainda a possibilidade de pedir para lhe entregaram um brunch em casa. Pode até ter vontade de cozinhar uns ovos e umas torradas mais compostas, mas deixe isso para quem sabe e não se preocupe em limpar tudo de seguida. Há vários serviços que fazem entregas ao domicílio. Uma das mais recentes sugestões são a caixas d’OMoço dos Croissants.

Carregue na galeria para conhecer estes e outros brunches seguros para comer em família nos próximos dias. Temos dicas para Lisboa e para o Porto.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm
Novos talentos

AGENDA NiT