Restaurantes

A “Melhor Sobremesa do Ano” é servida num restaurante português

Integra a carta de um espaço de Henrique Sá-Pessoa e foi distinguida pelo guia francês Gault & Millau, concorrente do Michelin.
É um prato inusitado.

“Belisquem-me, porque parece que isto é um sonho”, escreveu Margarita Pugovka no seu Instagram. Ainda não consegue que um prato que criou foi, na passada segunda-feira, 5 de fevereiro, considerado a melhor sobremesa do mundo pelo guia Gault & Millau, descrito como um concorrente do Michelin.

O doce escolhido pela organização é uma tarte de couve-flor com manteiga de amendoim. É, depois, acompanhada por um sorvete de caril verde, o que é uma “combinação incomum”, descreve a chef, aqui citada pelo “Público”.

Pode privar esta invenção no Arca, restaurado inaugurado por Henrique Sá Pessoa em Amesterdão, nos Países Baixos, em novembro de 2021.“Imaginem um ambiente relaxado, com aromas vibrantes, influência portuguesa e asiática com ingredientes autênticos. O Arca é uma reviravolta moderna nos pratos tradicionais. Traz sabores fortes e várias especiarias”, descreveu o cozinheiro.

Desde aquela altura que a tarte tem sido um dos grandes ícones do espaço, ao lado de uma proposta muito tradicional. “Sendo esta sobremesa, a par com o pão de ló, uma das favoritas dos clientes desde o início, estamos extremamente felizes e orgulhosos da nossa fantástica equipa”, refere o espaço no Instagram oficial.

E, se estiver por Amesterdão e quiser provar a tarte de couve-flor com manteiga de amendoim, a proposta “regressa ao menu a partir deste fim de semana”, acrescentam.

Como seria de esperar, o Gault & Millau não poupou nos elogios à sua criação doce favorita. “Uma sobremesa que se destaca pela sua composição original. É uma daquelas que se pensa que é ‘ou vai, ou racha’. Quando lemos os ingredientes, foi isso que pensámos. Era impossível fazer algo digno do nome sobremesa. Mas nada podia estar mais longe da verdade”, descreve.

Margarita, a criadora da sobremesa, tem uma história incrível. É natural da Letónia, mas veio para Portugal quando tinha oito anos. A carreira como manequim levou-a a correr o mundo, mas era no Porto que se sentia em casa. Aos poucos, as sobremesas impuseram-se à moda e, quando deu por si, estava inscrita no “MasterChef Portugal”. O seu programa no 24 Kitchen, “Chef de Serviço”, que estreou a 2 de outubro de 2023.

Leia também este artigo da NiT e fique a conhecer melhor a pasteleira de 26 anos.

Áudio deste artigo

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT