Restaurantes

A trufa branca de Alba já chegou aos menus dos restaurantes JNcQUOI

O ingrediente pode ser provado no Avenida, Asia e Frou Frou (na Avenida da Liberdade, em Lisboa) e no Beach Club (na Comporta).
Vão ser dias muito especiais.

Novembro marca sempre o regresso de um dos ingredientes mais raros e exclusivos do mundo da gastronomia: a trufa branca de Alba. O Come Prima todos os anos cria um menu especial dedicado a este fungo, mas não é caso único no País. O grupo JNcQUOI, por exemplo, também aderiu a esta espécie de movimento.

Entre 22 e 25 de novembro, o Avenida, Asia, Frou Frou e o Beach Club (na Comporta) terão menus dedicados unicamente a este produto tão cobiçado — que pode atingir os 300 mil euros por quilo.

No Avenida a ementa vai contar com ovos de codorniz estrelados (78€), cocote de ovo biológico (79€) e terrine de foie gras (94€) como entrada. Para prato principal, os clientes podem optar entre raviolis de rabo de boi (83€), gnocchi Mona Lisa (84€), vieiras lacadas sobre creme de couve-flor (95€) ou tagliatelli com natas frescas (85€).

Já no JNcQUOI Asia, a inspiração oriental funde-se com a exclusividade deste fungo. Como entrada, tem tártaro de carabineiro com crocante de arroz (95€), temaki de atum zuke (75€), normaki de otoro com abacate e cebolinho (79€) e tarte de novilho trufada (70€). Nos principais destacam-se o cheungfan crocante de cogumelos (65€), kushiaky de novilho (75€), sopa de noodles e wontons de frango (71€) e garoupa salteada (88€).

No mais recente espaço do grupo, o Frou Frou, combina-se o ingrediente italiano com a gastronomia chinesa. Cisne negro de frango (72€), cheungfan crocante de cogumelos (65€), garoupa salteada (88€) e pato assado cantonês (120€) são as sugestões para estes dias especiais.

O restaurante da Comporta vai apresentar burrata com tomate coração de boi (79€) e ovos mexidos com cogumelos selvagens (75€) como entrada. Segue-se a paella de cogumelos selvagens (170€), a de carabineiros (198€) ou a de novilho e foie gras (195€). Todos os pratos mencionados são confecionados com o famoso fungo colhido na região de Alba, em Itália.

“Aguardámos pelo final de mês de novembro para realizar estes dias temáticos porque queríamos assegurar a maturação perfeita da trufa. Apesar de ter começado a surgir em outubro, a trufa branca de Alba estava ainda a necessitar de mais alguns dias com níveis de humidade elevados e muito frio para assim atingir o ponto ideal tanto a nível de sabor como aroma”, afirma António Bóia, chef executivo do JNcQUOI.

Os menus temáticos estão disponíveis ao almoço e jantar e as reservas devem ser feitas por telefone (219 369 900).

Aproveite e leia o artigo da NiT para descobrir porque é que este produto é tão valioso (e, consequentemente, caro).

A seguir, carregue na galeria e conheça o Frou Frou, o mais recente espaço do grupo.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT