Restaurantes

Desarma levou uma nova estrela Michelin para a Madeira

"Embora não o verbalizasse à frente de muitas pessoas, disse logo que era isto que queria", diz o chef Octávio Freitas à NiT.
É a sua primeira estrela.

O Desarma “é o campo de batalha de sentidos onde lutamos pelo triunfo do sabor e onde plantamos a beleza da comida simples”. Agora, é também o terceiro restaurante da Madeira a receber a cobiçada estrela Michelin. A revelação foi tornada oficial esta terça-feira, 27 de fevereiro, durante a primeira gala realizada em Portugal. 

O líder da equipa é Octávio Freitas, de 41 anos. Tal como Vítor Matos, também ele aposta numa brigada jovem. “90 por cento tem menos de 30 anos, embora a idade não seja sinónimo para nada”, conta à NiT.

O chef assume que o nível de exigência no restaurante é elevado, e que poderia ter sido mais confortável ir buscar cozinheiros seniores, “como fazem muitos outros lugares”. Isto, contudo, nunca foi uma opção no Desarma. Trabalhar com pessoas tão novas é algo que o deixa “de coração cheio”.

Está, simultaneamente, muito orgulhoso de todos os seus funcionários. “Se em cerca de um ano já fizemos isto [foi inaugurado em abril de 2023], nem sei o que seremos capazes de fazer daqui a uma década”.

Octávio Freitas não tem medo de admitir que a estrela sempre foi um dos seus objetivos de vida. Quando abriu o empreendimento, já tinha intenção de a ganhar. “Embora não o verbalizasse à frente de muitas pessoas, disse logo no trabalho que era isto que queria”. Dedicou mais de um ano a este objetivo, o que o levou a sentir-se demasiadas vezes desgastado física e mentalmente — mas valeu a pena.

O espaço foca-se principalmente em três menus de degustação: Munidos de Sentidos, com seis momentos; Batalha do Chef, com nove; e Bancada do Chef, com 12. Os pratos unem diferentes gastronomias e são especialmente conceptuais. Exemplo disto são as ovas de espada ou o gel de cogumelos.

Está muito orgulhoso da vitória.

Segundo o chef, esta vitória sabe ainda melhor tendo em conta o local onde o restaurante se situa: o The Views Baía, no Funchal. Fica mesmo no topo da unidade, oferecendo uma paisagem incrível da região.

Trata-se de um hotel de quatro estrelas, o que, para Octávio, pode surpreender muitas pessoas. “Normalmente, este tipo de restaurante é associado a projetos de cinco estrelas, e as pessoas acreditam que não é possível ter um produto de topo num quatro estrelas”, lamenta. O chef, porém, comprova que isso não é verdade.

Satisfeito com a estrela que acabou de receber, ainda não está a pensar na próxima. Está, sim, entusiasmado para voltar ao trabalho na quarta-feira e começar a fazer jantares para os clientes. “Quero ver as reações que vão acontecer entre eles quando souberem a novidade”.

Quanto ao futuro, acredita que a procura “vai disparar imenso, até porque a Madeira é pequena”. Além disso, o segmento de luxo está a crescer cada vez mais na região, o que é ótimo para o negócio. “Para a semana espero estarmos com a agenda cheia”.

Leia o artigo da NiT e conheça todos os restaurantes Michelin em Portugal. Carregue também na galeria e conheça o Desarma.

ver galeria

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua das Maravilhas, 74
    9000-177 Funchal
  • HORÁRIO
  • De quarta-feira a sábado das 19h às 21h
PREÇO MÉDIO
Mais de 50€
TIPO DE COMIDA
Fusão

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT