Restaurantes

Adeus, bola de Berlim. O éclair de mousse do mar já chegou ao Algarve

É uma das novas propostas do Maré Shrimp & Stuff, em Olhão. Também há mini-hambúrgueres feitos à base de crustáceos.
Uma proposta certamente diferente.

Éclair recheado com mousse de caranguejo e maionese de ouriço-do-mar. A proposta para sobremesa parece, no mínimo, inusitada, sobretudo se pensarmos no doce tradicional feito com massa choux e recheado com chantilly ou doce de ovo. Porém, o Maré Shrimp & Stuff, em Olhão, não é conhecido pelo receituário tradicional— bem pelo contrário. O restaurante, aberto desde 2017, é conhecido por apresentar versões diferentes de bolos conhecidos, como a bola de Berlim com camarão, ou os macarons de trufa e gamba. “Gostamos de agarrar em matérias-primas tão formosas quanto a nossa ria e transformá-las”, justifica Stephanie Bento, a proprietária do espaço.

“Vamos sempre de férias em janeiro e quando reabrimos, em fevereiro, trazemos sempre novidades”, conta à NiT Stephanie Bento. As inspirações mais loucas costumam surgir durante as viagens que realizam. Do México, em 2022, trouxeram a ideia para uns tacos de camarão, por exemplo.

Este ano, porém, a pressão era outra. Depois do sucesso da bola de Berlim de camarão, precisavam de inovar e trazer algo igualmente tentador. Pensaram num pastel de nata com um creme feito à base do mesmo crustáceo, mas decidiram deixar essa versão na gaveta e apostaram em algo mais doce, que desse para dividir. “Assim continua dentro do conceito que temos no restaurante, em que todos os pratos são feitos à base de marisco e pensados para partilhar”, explica.

O éclair foi dos primeiros bolos que se lembraram. “Era tradicional, dava para adocicar a massa e rechear”, adianta a proprietária. Não tardaram a começar a testar. “Queríamos uma mousse do mar. Experimentámos primeiro com caranguejo e não correu bem. Depois andamos a explorar outros produtos”, conta. Ao todo foram necessários três meses para acertarem com o ponto da massa do bolo, que ao contrário do original levou um pouco de açúcar e com o sabor e a cremosidade do recheio. No final acabaram por fazer uma mistura entre caranguejo e maionese de ouriço-do-mar.

“Ficou divinal”, refere Stephanie Bento. “O doce mistura-se com o salgado e assim que se trinca há uma explosão de sabores”, garante. Contudo, quando chegaram à versão final, sentiam que faltava algo. Aí nasceu a ideia de juntar um Bloody Mary. O cocktail foi pensado para ser um par do bolo e dá-lhe uma “frescura espontânea”. “Casam mesmo muito bem”, refere a proprietária.

A receita, como tudo o que sai da cozinha deste restaurante “que está a um passo do fine dining”, foi pensada por Valdemar Marques, de 41 anos.

A nova sobremesa.

“Ele é muito metódico. Só deixa a comida sair da cozinha quando está perfeita. Até aí não autoriza que nada saia”, realça Stephanie, de 36 anos. Foi por isso que demoraram três meses até terem a combinação perfeita e, como descreve, “a arte final”.

Tem sido um sucesso. Quem começa por estranhar a proposta, rapidamente se apaixona. “Temos pessoas que pedem como entrada. Depois, como gostam tanto, acabam por pedir como sobremesa”.

O éclair do mar (11,55€) é o grande destaque do novo menu, mas não é a única novidade. Com a reabertura, adicionaram o arroz caldoso de carabineiro e amêijoas (89,99€) e um bacalhau com gamba, grão e pistou de coentros (21,69€). “É um prato desenhado ao pormenor e tem sido o bestseller nesta época de verão”, diz Stephanie.

Há outros produtos quem jamais ousariam tirar da carta, como os populares mini hambúrgueres de camarão (7,50€ por dois), que estão lá desde que o restaurante abriu em 2017. A estes junta-se o canelone de robalo (23,89€) e os tacos de gamba com gel de manga e abacate (11,80€ por dois tacos), cuja ideia surgiu “durante umas férias no México”; e as bolas de Berlim de camarão (7,50€)

“Quem vem ao Maré já sabe ao que vem. Não espera um simples camarão grelhado, quer uma experiência”, refere Stephanie. O entusiasmo começa assim que a proprietária apresenta a carta. “Ficam logo muito curiosos com as novidades, que são sempre pratos que nos distinguem dos demais restaurantes na zona.”

Carregue na galeria para conhecer mais algumas das novidades do restaurante.

ver galeria

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua José Barbosa, Olhão
    8700-511 Olhão
  • HORÁRIO
  • De segunda-feira a sábado das 18h30 às 0h
PREÇO MÉDIO
Entre 10€ e 20€

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT