Restaurantes

A antiga estação de comboios de Londres que foi transformada num restaurante de luxo

No interior do Booking Office 1869 existem palmeiras de oito metros. O projeto de design foi assinado pelo francês Hugo Toro.
O Booking Office 1869 fica numa antiga estação.

O movimento na antiga estação de St. Pancras já não é o mesmo. O espaço com mais de 150 anos em Londres, Inglaterra, já não é um local por onde se deslocam passageiros. Porém, a partir o fim de 2021 voltou a receber pessoas, mas agora para tomarem refeições. O edifício foi completamente renovado e é agora a morada do novo Booking Office 1869.

No andar de cima funciona um hotel, que recebe hóspedes há algum tempo. O projeto ficou concluído com a abertura deste restaurante no espaço onde durante vários anos funcionou a bilheteira da estação de comboios.

A base de estilo gótico não foi alterada nem nas paredes nem nas fechadas. No interior, será impossível não reparar nas palmeiras de oito metros que fazem parte da decoração. O projeto de design foi assinado pelo francês Hugo Toro.

“É um local emblemático e com história. Quis adaptá-lo a uma forma mais contemporânea, mas sem o distorcer”, explicou o designer à revista “AD”. No teto estão pendurados candeeiros com um total de 267 folhas de latão.

O chef Patrick Powell é o responsável por todo o menu do restaurante.

São vários os ambientes que pode conhecer: desde o balcão de bar com 22 metros de comprimento; às cadeiras forradas a tecido, mesas de grupos, ou bancos circulares onde é possível sentar mais clientes.

As reservas podem ser feitas online. Patrick Powell é o chef responsável pela cozinha. Entre algumas das sugestões que pode pedir tem o frango assado no carvão com limão em conserva e pimenta verde (25€), o cordeiro assado a baixa temperatura com especiarias (62€, para duas pessoas), ou o pão de gengibre com pêra escalfada em whisky (10€).

Também é possível passar pelo espaço apenas para beber um copo. Tem desde os clássicos, como os martini e as margaritas, e ainda ainda algumas bebidas de autor. É o caso do Queen Violet, com gin e campari (15€) ou o The Adorer, com vodca, xarope de hibisco e espumante (17€).

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT