Restaurantes

Depois do incêndio, Solar dos Presuntos reabre esta segunda-feira

O alerta para o fogo foi dado pelas 20 horas de sábado, 30 de março, e terá tido origem numa arrecadação da cave.
O incêndio deflagrou este sábado.

O popular restaurante lisboeta Solar dos Presuntos vai voltar a abrir esta segunda-feira, 1 de abril, após um incêndio que no passado sábado que obrigou à evacuação do local. O fogo terá tido origem numa arrecadação na cave e foi causada pela inflamação de lixo diverso, confirmou fonte do Regimento de Sapadores Bombeiros de Lisboa ao “Sapo24”. O anúncio foi feito por Pedro Cardoso, proprietário do espaço, nas redes sociais, este domingo, 31 de março.

“Estou a fazer este vídeo para agradecer todas as mensagens que nos enviaram, a nós, aos nossos funcionários, à nossa família. Dizer que está tudo bem. Foi só um grande susto, a partir de amanhã já estamos de volta, mas queria fazer um agradecimento especial a todos aqueles que estiveram connosco ontem, principalmente aos nossos clientes, que saíram de uma forma ordeira, sem stress”, anunciou Pedro Cardoso nas redes sociais do Solar dos Presuntos. 

O proprietário aproveitou ainda por agradecer aos corpos de intervenção, como os bombeiros, polícia e Proteção Civil e aos funcionários, que “mostraram mais uma vez porque somos diferentes”.

O alerta para um “foco de incêndio no restaurante” foi dado às 20h10 e foram acionados 18 operacionais e cinco viaturas para o local. Às 20h24, o incêndio já estava extinto, mas houve um total de 10 feridos ligeiros por inalação de fumos, dos quais sete foram conduzidos para o Hospital Santa Maria e três para o Hospital São José. Todos os feridos são funcionários do restaurante, adiantou a “CNN Portugal”.

“Por questões de precaução e segurança para com todos os nossos clientes e staff, o Solar dos Presuntos foi evacuado para que todas as diligências necessárias fossem efectuados com máxima celeridade”, lê-se na publicação do restaurante. “Queremos desde já agradece a máxima compreensão e preocupação a todos.”. O espaço deverá a abrir portas na segunda-feira.

O novo Solar dos Presuntos

Com as paredes recheadas de fotografias de convidados famosos, o Solar dos Presuntos mantém-se como uma referência na gastronomia lisboeta, onde são exibidas as receitas tradicionais portuguesas, com um enfoque na cozinha nortenha, mais concretamente na “alta cozinha de Monção”, terra natal do fundador Evaristo Cardoso, que morreu em dezembro de 2022.

Evaristo Cardoso resistiu ainda a tempo de ver o seu rosto eternizado no restaurante que fundou com a sua mulher, Graça, e o seu irmão Manuel. É no terraço do restaurante, numa das paredes, que Vhils esculpiu e picou a obra que serve de figura de proa à decoração do Solar dos Presuntos.

Numa renovação que se prolongou durante seis anos, muito mudou no icónico restaurante lisboeta, hoje gerido pelo filho do dono, Pedro Cardoso. Pelo caminho, a descoberta de um cemitério romano e uma pandemia fizeram dilatar os prazos do projeto que ficou finalmente visível ao público no verão de 2021.

Muita coisa mudou, mas à entrada o espaço mantém-se quase intacto. “Quisemos que as pessoas sentissem que estavam no mesmo restaurante que sempre conheceram”, explicou Pedro Cardoso à NiT, antes da inauguração. Nas paredes continuam as fotos com as várias personalidades que ali já fizeram refeições, as camisas e as bolas de futebol que foram oferecidas, caricaturas, pinturas e azulejos.

A cozinha foi toda renovada, foi criado um corredor que expõe todos os prémios do restaurante e as suas garrafas. Foi também adicionada uma mesa do chef que irá servir para workshops e formações. No piso subterrâneo esconde-se a valiosa garrafeira com milhares de garrafas e também uma Sala do Cofre onde mora uma garrafeira premium.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT