Restaurantes

As francesinhas à moda do Porto invadiram a Maia — e levaram uma versão vegan com elas

Tem até dia 16 para provar as propostas da Alfândega Douro, Cufra, Alicantina e Santa Francesinha no Parque Central da cidade.
Aproveite.

Devia ter acontecido entre 9 e 18 de setembro, mas a previsão de uma das maiores chuvadas dos últimos meses levou a edição do Festival de Francesinhas à moda do Porto, que ia ter lugar na Maia, a ser adiada.

Menos de um mês depois, contudo, a espera pelo evento finalmente terminou. Esta sexta-feira, 7 de outubro, assinalou-se o arranque da iniciativa, que se estende até dia 16, no Parque Central (Rua Simão Bolívar, 83-87) da cidade no norte do País.

Alfândega Douro, Cufra, Alicantina e Santa Francesinha são os restaurantes responsáveis por servir o prato tão apreciado pelos portugueses (e não só) na sua versão tradicional (10€). Para que ninguém tenha de ficar de fora da festa, o Santa Francesinha apresenta também uma opção vegetariana e outra vegan — ambas custam 12€, tinha adiantado à NiT a organização.

Já o Mirone, de Vila Nova de Gaia, vai disponibilizar os seus cachorrinhos à Porto (4€). Peça o que pedir, terá sempre cerveja (2€), claro, vinho (12€/garrafa), água (1€) e refrigerantes (2€) para acompanhar.

Uma feira com enchidos, queijos, lapas da Madeira, bolo do caco, vinhos e muito mais, que decorre em paralelo, é uma novidade da edição. Esta acontece, sempre, das 12 às 15 horas e das 18 e às 23 horas. Como a entrada é livre, só paga aquilo que consumir.

O Festival de Francesinhas já passou por localidades como Câmara de Lobos, na Madeira; Angra do Heroísmo, nos Açores; Coimbra; Seixal; Setúbal e, mais recentemente, Oeiras.

Caso viva em Lisboa, e não tenha nenhuma viagem com a Maia como destino planeada para os próximos dias, carregue na galeria e conheça restaurantes que entregam esta iguaria ao domicílio na capital.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT