Restaurantes

As francesinhas da Taberna Londrina chegaram a uma nova cidade de Trás-Os-Montes

Já foi eleita pelos leitores da NiT como o espaço com a melhor receita desta especialidade em Lisboa e está em plena expansão.
Fica em Bragança.

Depois de Guimarães, Braga, Famalicão, Póvoa de Varzim, Vila Real, Lisboa, Leiria e Setúbal e Paris, foi a vez de Bragança receber as francesinhas da Taberna Londrina. O restaurante abriu a 17 de junho, na Avenida Doutor Francisco Sá Carneiro.

“Estamos muito entusiasmados com a abertura da Taberna Londrina em Bragança. Este novo espaço reflete o nosso compromisso em trazer aos nossos clientes uma experiência gastronómica de qualidade, nos diferentes pontos do país. A abertura deste espaço vai criar 20 novos postos de trabalho, contribuindo assim para a dinamização e o desenvolvimento da economia local”, afirma Eduardo Xavier, um dos sócios-gerentes.

O 18.º restaurante da cadeia tem capacidade para mais de 70 pessoas e foi pensado para proporcionar uma experiência única, “combinando a essência de uma cervejaria moderna com os melhores snacks do País”. O destaque do menu vai para a célebre Francesinha (11€), acompanhada por uma diversa carta de cervejas cuidadosamente selecionadas nos vários pontos da Europa.

O novo espaço tem capacidade para 70 clientes.

A história da marca começou a ser escrita em 2014, por Eduardo Xavier e Francisco Varela (na altura com 25 e 26 anos), dois amigos de Guimarães apaixonados pela especialidade. “Desde miúdos que tinham o sonho de ser empreendedores e ter um negócio ligado à restauração ou confeitaria. Quando analisaram o mercado perceberam que as sandes que tanto gostavam podiam ser o caminho certo”, explica José Duarte, responsável de comunicação da marca à NiT.

O negócio surgiu com uma missão: servir a melhor francesinha. “Queriam ter um espaço que representasse o conceito de cervejaria moderna, onde pudessem receber famílias e amigos.” As coisas correram bem e mais dois sócios, André Novais (41 anos) e Sérgio Cunha (43 anos), donos do famoso restaurante Oliveiras, em Guimarães, entraram para a equipa. Juntos, abriram outros espaços nos anos que se seguiram, de Coimbra a Famalicão e da Póvoa de Varzim a Braga.

A filosofia da Taberna é oferecer uma experiência consistente em todas as suas localizações, mantendo a identidade da empresa, mas adaptando-se aos gostos locais. Intocável é o seu molho distintivo, mais adocicado, que marca a diferença entre estas e as típicas do Porto.

Vale a pena recordar que o espaço da Londrina na capital serve a melhor francesinha de Lisboa, elegeram os leitores da NiT em 2023. Aproveite e conheça a história por trás esta cadeia portuguesa que tem feito sucesso lá fora.

 

 
 
 
 
 
View this post on Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Taberna Londrina (@tabernalondrina)

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT