Restaurantes

Até novembro, há pratos a metade do preço em mais de 300 restaurantes de todo o País

O TheFork Fest está de volta. Pode ir comer a restaurantes de Lisboa, Porto, Faro, Albufeira, Coimbra, Setúbal ou Braga com descontos de 50 por cento.
Metade da conta fica por conta da casa.

É um verdadeiro festival de comida e o melhor é que é a preço de saldos. Nesta nova edição, o TheFork Fest regressa a Portugal com 50 por cento de desconto — mais saboroso que nunca — em mais de 300 espaços em Lisboa, Porto, Faro, Albufeira, Coimbra, Setúbal, Braga, entre outras cidades.

Aquele que é um dos maiores eventos gastronómicos, presente em 11 países, e com cerca de seis mil restaurantes parceiros na Europa, arranca em terras portuguesas já esta quinta-feira, 14 de outubro e vai decorrer até ao final do mês de novembro (dia 28). Durante este período, o objetivo do festival passa por, segundo o TheFork em comunicado, “continuar a incentivar o consumo e ajudar a consolidar a recuperação da restauração”, um setor bastante prejudicado durante a pandemia. 

Tal como nas anteriores edições, vai ser possível fazer uma (ou várias) refeições em alguns dos melhores restaurantes com espaços em Portugal e, no fim, pagar apenas metade da conta, já que a outra metade fica por conta da casa. Isto é o resultado de em toda a carta estar a ser oferecido um desconto imperdível de 50 por cento a todos os clientes.

Fazem parte dos restaurantes aderentes, em Lisboa, o Nobre, o Akla, La Trattoria, Espada e o Jamies’s Italian. Já no Porto tem o Astória, o Portucale, o Torreão e o Coma. Em Albufeira, o Italian Republic é um dos espaços onde vai ser possível comer os melhores pratos da região a metade do preço e, por exemplo, em Braga, o Nochas Tapas & Wine também aderiu a este festival de comida a preços baixos.

Já estão disponíveis, no site do TheFork, os menus que cada um dos espaços apresenta. Pode conhecê-los e, se ficar desde logo convencido, pode fazer instantaneamente a reserva, escolhendo o dia e a hora em que pretende fazer a refeição no restaurante. Relativamente ao desconto dos 50 por cento, não existe um consumo mínimo obrigatório e estará válido apenas para os pedidos à carta, sendo que menus especiais e bebidas não se encontram incluídos. 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT