Restaurantes

Azeitona: o restaurante em Vilamoura que serve menus completos por menos de 15€

O espaço foi renovado no início do ano. Agora tem fado, provas de vinho comentadas e pratos típicos do receituário português.
Há pratos típicos.

Alheira de Mirandela, arroz de pato, morcela com puré de maçã ou iscas à portuguesa. É certo que estes pratos típicos são servidos por todo o País, mas se entrar num restaurante no Algarve raramente serão a primeira escolha. Porém, se o preço for muito convidativo, provavelmente até se esquece que estão 40 graus lá fora e decide pedir uma feijoada à transmontana.

O Azeitona, em Vilamoura, é um dos restaurantes onde isto poderá acontecer. O nome resume o conceito na perfeição: comida portuguesa a preços convidativos. O menu do dia, disponível ao almoço, — inclui couvert, entrada, prato principal, copo de vinho e café — custa 14,50€. Ao contrário do que acontece noutros espaços algarvios, o preço não muda na época alta, garante o proprietário, Sérgio Caniça, à NiT.

Inaugurado há dois verões, o Azeitona está de cara lavada. “Decidimos renovar o espaço para o tornar mais sóbrio, mantendo o espírito antigas das tabernas portuguesas”, sublinha o empreendedor de 48 anos.

O espaço, com capacidade para 50 pessoas, está decorado com vários objetos típicos. Nas paredes há capas pretas dos trajes universitários, guitarras e pandeiretas. Porém, o grande destaque é a “enorme tela pintada por um artista italiano que retrata as antigas casas de fado”.

“Aqui exaltamos a nossa cultura. Só passamos música de artistas nacionais, organizamos noites de fado e servimos pratos de várias regiões do País. Da alheira de Mirandela, à morcela da Guarda, passando pela carne de porco à alentejana, pelo presunto de Barrancos ou pela massada com garoupa de Quarteira”, descreve o engenheiro civil, que se mudou para Vilamoura há 14 anos.

Sérgio Caniça aconselha ainda o polvo à Lagareiro (29,50€) e o pernil (18,50€) confecionado durante 16 horas a baixa temperatura e a farinheira da Beira Baixa com ovos (7,50€). O foco na tradição não fecha a porta à inovação e há novidades para os vegetarianos a caminho.

“Esta semana vamos finalmente avançar com algo que já tinha pensado há muito tempo: a versão vegan de alguns pratos portugueses. Vamos ter pica-pau de cogumelos, cogumelos à Bulhão Pato, massa com legumes salteados, tofu à lagareiro e uma tomatada de ovos à algarvia”, anuncia.

O apego ao que é nacional também se reflete na carta de vinhos. “Temos uma seleção com 198 referências, cuidadosamente escolhidas para evitarmos as opções mais comerciais. Tal como fiz com os ingredientes, contactei pequenos produtores nacionais de várias regiões para estivessem representados no Azeitona”, explica.

Numa cidade que vive do turismo, o restaurante de Sérgio acaba por ser uma boa carta de apresentação “do melhor da cozinha portuguesa” — um dos objetivos do beirão rendido à costa algarvia. “Este ano, com renovação do conceito, acrescentamos outras valências. Agora temos provas de vinho comentadas e jantar vínicos. O próximo está agendado para esta sexta-feira, 7 de junho, com o enólogo Pedro Martin, que irá apresentar alguns vinhos da Beira Interior”, revela.

Carregue na galeria para ver mais imagens do Azeitona, em Vilamoura.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Av. Tivoli, Edifício Europa, Lj7
    8125-406 Vilamoura
  • HORÁRIO
  • Segunda a domingo das 12h às 23h
PREÇO MÉDIO
Entre 10€ e 20€
TIPO DE COMIDA
Portuguesa

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT