Restaurantes

Bar do Peixe: o restaurante do Meco destruído por um incêndio renasceu das cinzas

Após ter sido parcialmente destruído por um fogo que deflagrou em novembro de 2021, reabriu oficialmente em fevereiro passado.
O novo restaurante fica no lugar de sempre.

Leonor Mendes e Jorge Sousa viram o sonho de um vida a arder. O conhecido Bar do Peixe, na Praia do Meco, foi consumido pelas chamas durante a tarde de 12 de novembro de 2021. Quase dois anos volvidos desde o fatídico dia conseguiram reerguer o restaurante e este verão regressam à sua praia, com as lapas, o marisco e peixe sempre fresco.

Quando em 1992 fugiram da confusão da capital para a calma de Sesimbra, Leonor Mendes não trabalhava. Com uma filha pequena, decidiu que precisava de algo para se entreter. Numa ida ao restaurante onde até já tinha travado conhecimento com os donos, percebeu que eles o colocariam à venda. Como o marido adorava pescar, formulou logo um plano: abrir um pequeno bar com petiscos.

“Decidimos arriscar. Começamos a medo apenas com sumos, tostas e alguns petiscos simples. Depois começamos a chamar alguns amigos para provar os peixes que o Jorge apanhava na caça submarina e quando demos por ela havia cada vez mais interessados nos nossos pratos”, conta à NiT a proprietária de 62 anos.

Quando completaram dois anos decidiram aumentar a estrutura e incluir uma esplanada e introduzir, de forma oficial, os peixes grelados. Sempre que Jorge atravessava o areal com a pescaria, não faltavam curiosos a tentarem descobrir para onde ia aquele peixe tão fresco. Das arcas do proprietário passavam diretamente para a grelha e dali para o prato dos clientes.

Durante anos trabalharam assim: o peixe que estava na lista era o que estava mais abundante no mar. Num dia podia ser dourada e cherne e no outro imperador, garoupa, ou robalo. Mas muitos portugueses passavam lá pelas lapas. Era dos poucos restaurantes da zona com essa opção de marisco. Grelhadas, com manteiga e alho, é isto que se pede.

Porém, um curto-circuito em 2021 deitou o trabalho de anos por terra. Leonor Mendes e Jorge Sousa estavam de férias, em Cabo Verde, quando lhes ligaram contar o sucedido. “Fiquei inconsolável, sem saber o que fazer. Tínhamos deixado um frigorífico e os alarmes ligados, tudo o resto estava desligado, até porque aproveitamos sempre para fazer remodelações quando fechamos o mês e novembro”, conta.

Quando chegaram ao Meco depararam-se com o restaurante reduzido a cinzas e madeiras queimadas. Apesar do desaire, o casal estava disposto a lutar pelo espaço. Alugaram um restaurante nas redondezas, que estava fechado há vários anos, o Hangar do Peixe e começaram a remodelar o Bar do Peixe.

As obras e as burocracias foram demoradas, mas valeu a pena. O restaurante reabriu no final de fevereiro cheio de vontade de “voltar a casa”. Esta é também a sensação com que os clientes ficam quando entram no novo Bar do Peixe. O espaço parece exatamente igual, apenas com alguns detalhes mais modernos na decoração. E o menu é exatamente igual, “sem tirar nem pôr”.

“Não mudamos muito na disposição dos móveis, mas sim na decoração. Reconstruimos tudo tendo em conta as exigências do planeamento da orla costeira. Partimos do inicial, do que havia e apenas aumentámos algumas áreas de trabalho e temos mais casas de banho. A esplanada também está maior”, refere.

O menu continua igual, sempre dependente do que há na lota, ou do que o Jorge pesca. O lisboeta de 61 anos acabou por tirar o curso de pescado e comprou um bar onde se mete todas as manhãs para ir à procura do melhor peixe. A maioria acaba na grelha do Bar do Peixe, na praia do Meco.

Carregue na galeria para descobrir como está o renovado Bar do Peixe na praia do Meco.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Praia do Meco Bar do Peixe
    2970-074 Sesimbra
  • HORÁRIO
  • Quarta a segunda-feira das 12h às 22h
PREÇO MÉDIO
Entre 20€ e 30€
TIPO DE COMIDA
Peixe

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT