restaurantes

Barra Este: o novo restaurante japonês que a pandemia não parou

Esteve aberto ao público durante cinco dias no início de janeiro e foi obrigado a encerrar. Ainda assim manteve-se no ativo.
Há sushi e muitas mais propostas japonesas.

Abriu a 10 de janeiro e logo cinco depois foi obrigado a encerrar. O Barra Este tinha acabado de servir as primeiras propostas japonesas na zona da Maia, no Porto, mas os responsáveis não deixaram que o projeto se ficasse por ali. “Não nos desanimou de todo. Rapidamente adaptamo-nos às circunstâncias, criámos um serviço de entregas próprias e apostámos forte na comunicação para divulgar o Barra”, explica à NiT Evgeny Alinichenko, 27 anos, um dos sócios do projeto.

Desde os 18 que trabalha na área da restauração, depois de ter tirado um curso de cozinha e pastelaria. No Porto passou por vários projetos. Esteve no DOP, do chef Rui Paula, no Terra, no Susharia, do Grupo do Avesso, e até no Ichiban, onde contactou mais de  perto com os sabores asiáticos que traz também no novo Barra Este.

“Sempre tive o desejo de abrir um restaurante, pela responsabilidade, pelo desafio e pela criatividade necessária para fazer nascer um projeto diferenciador. Depois de quase 10 anos a acumular as mais variadas experiências profissionais e pessoais, achei que estava na altura de dar o primeiro passo.”

Convidou a cunhada, Daniela Madanços, 37 anos, para fazer parte do negócio. Está mais ligada a toda a gestão do projeto, uma vez que é Evgeny o responsável por todos os pratos que saem da cozinha.

“Pensávamos que poderíamos ter o problema de as pessoas não nos conhecerem ao vivo e poderíamos não ter credibilidade do público, mas foi exatamente o contrário. Sentimos, e continuamos a sentir, muita curiosidade e apoio da parte das pessoas. O feedback tem sido muito bom quanto à comida, ao serviço ou até à imagem da marca.”

O restaurante está neste momento com a sala encerrada.

O restaurante no centro da Maia, a 10 minutos do Porto, tem 24 lugares que neste momento não podem ser ocupados. Todo o servido do Barra Este é feito por take-away e por um serviço de delivery próprio com entregas quase na hora, sempre dependente do tempo que as sugestões demoram a ser feitas.

A ementa está dividida em dois. De um lado está a Barra, mais virada para a vertente de sushi bar. Na outra encontra o Este, com tudo o que são pratos japoneses. “O sushi tem saído naturalmente bem, mas sem dúvida alguns dos nossos best sellers têm sido os okonomiyaki [panqueca japonesa com porco preto, camarão e choco], takoyaki [bolinhas de polvo, street food típica das ruas da Osaka] e a yakisoba [massa salteada com mariscos,carnes e legumes].”

Há ainda gyozas, crepes de camarão, sopa miso, vários combinados de sushi e outros pratos quentes como o Tori Namban, com frango frito e molho tártaro, o Butra Shogayaki, com porco preto e molho de gengibre, ou o salmão grelhado com soja doce e pimenta.

“O nosso grande objetivo é trabalhar para que o Barra Este não seja só conhecido pela sua cozinha, mas pela sua imagem, pelo atendimento, pela proximidade ao cliente e um serviço personalizado.”

Através do telefone 935 373 284 consegue fazer os pedidos e no site é possível ver todo o menu que é servido, neste momento apenas para fora do restaurante.

“Tentamos ver as coisas do lado positivo. Estamos a aproveitar este confinamento para acertar todos os pormenores, criar uma logística e afinar o serviço para quando reabrirmos já termos uma estrutura e um método de trabalho bem definidos, evitando as falhas que se costumam ter na fase da abertura de um restaurante.”

Há muito para escolher.

 

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    R. de Altino Coelho 632, 4470-180 Maia
    4470-180 Maia
  • HORÁRIO
  • Só take-away e delivery
PREÇO MÉDIO
Entre 10€ e 20€
TIPO DE COMIDA
Sushi, Japonesa

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT