restaurantes

Borogodó: há um novo spot da Lx Factory (com esplanada e brunch)

O antigo Café na Fábrica tem um novo conceito dedicado aos sabores do Brasil e Portugal. Vai estar em soft opening nas próximas semanas.
Fica no antigo espaço do Café na Fábrica.

O Café na Fábrica sempre deu as boas vindas a quem entrava da Lx Factory, em Lisboa. Este foi dos primeiros espaços de restauração a abrir naquele projeto cultural da cidade e também dos primeiros que Carolina Henke ali inaugurou. O projeto foi todo remodelado, tem uma nova carta dedicada aos sabores portugueses e brasileiros, uma nova decoração, mas a bela esplanada de sempre. Assim é o novo Borogodó.

Este tinha sido um espaço que Carolina Henke tinha estreado no interior da loja Pau-Brasil, no Príncipe Real em 2020. Arrancou no início da pandemia, mas em abril deste ano deixou de vez essa zona da cidade para abrir em pleno na Lx Factory.

Quem regressar a esta zona de Lisboa, vai encontrar a pequena casa agora com a fachada toda pintada a cinzento claro. O novo Borogodó está a funcionar desde a primeira semana de abril, na altura em que foi permitido às esplanadas voltarem a receber clientes.

Há algum tempo que Carolina queria ter mudado o conceito do Café na Fábrica. A pausa da pandemia acelerou toda essa intenção e em poucas semanas conseguiu juntar mais um projeto ao vasto leque do qual já é responsável na  Lx Factory. Falamos do Brigadeirando, do Dogs, do A Nata e do Salamaria.

O Borogodó tem Pilar Braga como a chef de cozinha. Criou um menu com várias propostas para  serem pedidas ao longo do dia, muito inspirado pelas culturas portuguesas e brasileira. Assume-se como um café, bar e restaurante, e são essas as valências que irá também descobrir na carta.

O brunch é servido aos fins de semana.

Há sempre uma sopa do dia e um couvert que junta pão, biscoito de polvilho, manteiga de alho e azeite (2,50€). Já para partilhar tem o chouriço assado com farinha de mandioca (6€), pastéis de bacalhau (4€), pica pau de maminha (12€), escondidinho de carne seca e cogumelos (8,50€), tábua de queijos (11€) ou húmus de beterraba com tostas (5€).

Nas bruschetas, que servem bem para o um petisco ao fim da tarde, tem a de queijo brie com mel e nozes; a de sardinha com rúcula e cebola; ou a de tomate e mozzarella. Cada uma custa 6,50€.

Nos pratos mais compostos, e que servem de refeição, tem a perna de frango recheada com farinheira (9€), a açorda de camarão (11€), o hambúrguer de picanha (9,90€), ou o polvo no forno (12€).

Há ainda um bar de cocktails e ao fim de semana a proposta é um brunch. Custa 15€ e junta um mini bolo de cacau, um cesto com pão de queijo e biscoito de polvilho, iogurte grego com frutos vermelhos e granola, queijo, fiambre e manteiga, uma bebida quente, outra fria, e um brigadeiro, claro.

O Borogodó só está a fazer serviço de esplanada, pelo menos até à próxima segunda-feira, 19 de abril. Está aberto todos os dias da semana entre o meio-dia e as 22 horas. Já aos sábados serve o brunch entre as 10 e as 13 horas.

Há petiscos portugueses e brasileiros.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    R. Rodrigues de Faria 103, 1300-501 Lisboa
    1300-501 Lisboa
  • HORÁRIO
  • Das: 12:00
  • Às: 22:00
  • Sábados das: 10:00
  • Às: 13:00
PREÇO MÉDIO
Entre 10€ e 20€

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT