Restaurantes

Casa do Alentejo celebra os doces, licores, vinhos e petiscos de Estremoz

De 25 a 28 de maio, haverá ainda tempo para uma arruada de Bonecos de Estremoz e mostras de artesanato.
A entrada é livre.

Não precisa de ser estremocense, isto é, natural ou habitante de Estremoz, para participar na iniciativa que celebra este município português do distrito de Évora. Para a festa, que arranca na quarta-feira, 25 de maio, e se estende até sábado 28, estão convidados todos aqueles que queiram (re)descobrir o que a região tem de melhor para oferecer. A Casa do Alentejo, em Lisboa, foi o palco escolhido para receber o evento de entrada livre.

Segundo o programa, disponível online, no primeiro dia da chamada Semana de Estremoz, entre as 15 e as 17 horas, os visitantes vão poder explorar o artesanato do concelho através de uma mostra dinamizada pelos barristas Maria Inácia Fonseca, das Irmãs Flores, e Ricardo Fonseca.

A partir das 15h30, será possível perder-se entre os sabores e aromas dos doces e licores regionais, numa degustação proporcionada por negócios locais emblemáticos, como a Pastelaria Salsinha. Às 16 horas, o trabalho ao vivo dos alunos do curso de olaria de Estremoz poderá ser apreciado.

A arruada dos Bonecos de Estremoz “vivos” (entre as 15 e as 16 horas) — considerados pela UNESCO, desde 2017, Património Cultural Imaterial da Humanidade — e a atuação do Grupo de Cantares Vozes da Idade de Ouro (17 horas), as duas a cargo da Academia Sénior de Estremoz, estão entre os pontos altos de dia 26. Haverá ainda tempo para uma degustação com prova de vinhos (16 horas). Em exposição, vão estar os trabalhos do artesão Carlos Pereira e da barrista Inocência Lopes.

Na sexta-feira, haverá queijos e enchidos (15 às 17 horas) para provar. No mesmo horário, a artesã Conceição Cunha e a barrista Isabel Pires apresentam as suas artes. Às 16 horas, a música de Paulo Lopes e do Grupo de Revista da Academia Sénior vão preencher o ambiente.

A iniciativa, de entrada livre, encerra no sábado com doces e licores regionais para experimentar (15 às 17 horas), e com a atuação do Grupo Rosas de Maio de Veiros (16 horas).

Carregue na galeria para descobrir vinhos portugueses, a menos de 5€, que merecem um lugar na sua garrafeira.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT