restaurantes

Clubhouse: o restaurante virado para o mar que é a nova atração do Algarve

A cozinha é liderada por Louis Anjos, que deixou o Bon Bon, no Carvoeiro. Na primavera é inaugurado um conceito de fine dining.
Na primavera é inaugurado o projeto de fine dining.

Dias depois do anúncio do novo guia Michelin para Portugal e Espanha, no início de dezembro, chegava a notícia da saída do chef Louis Anjos do Bon Bon, no Carvoeiro. O restaurante algarvio tinha acabado de saber que renovava a presença no prestigiado guia, mas também se confrontava com a saída do responsável pelo espaço nos últimos anos. O chef estava de saída para um outro projeto, o Clubhouse, que já está a funcionar perto de Lagos, no Algarve.

O Clubhouse é um conceito que pertence ao resort Palmares Ocean Living & Golf. Junta campo de golfe com 27 buracos, hotel boutique de cinco estrelas e lotes para moradias e apartamentos. A ideia é construir no total 460 unidades e um segundo hotel de cinco estrelas. Neste momento, o que já está a funcionar, tem 20 quartos. O segundo a abrir terá mais de 150.

Há zonas deste Palmares Ocean Living & Golf que já estão a funcionar, como é o caso do Clubhouse, o restaurante focado na cozinha mediterrânea, mas sempre com ligação aos produtos locais e com uma grande influência internacional, nomeadamente nas técnicas apresentadas. O edifício, virado para o mar, foi pensado pelo ateliê RCR Arquitectes, que em 2017 ganhou o prémio Pritzker, um dos mais importantes na arquitetura.

O restaurante conta com 76 lugares no interior mais 26 na esplanada. Já está aberto e por lá encontra um menu com refeições compostas, mas também sugestões mais práticas e pensadas para finais de tarde com amigos, com tapas e alguns copos a acompanhar.

O menu foi pensado pelo chef Louis Anjos que conta com o apoio do seu  número dois Ricardo Luz, o vencedor do concurso Chefe Cozinheiro do Ano de 2019, que também veio do estrela Michelin Bon Bon.

Tem, por exemplo, nos clássicos a salada caesar com camarão, alface romana, ovo, anchovas e parmesão (16€) ou o bacalhau fresco em tempura com puré de ervilhas, molho tártaro e vinagrete (18€).

Os produtos regionais estão em destaque.

Já da Ria de Alvor, mesmo ali ao lado, chegam produtos de excelência. Há ostras ao natural (8€/ 3 unidades); amêijoas à Bulhão Pato (16€), mexilhões em escabeche (9,50€), ou até lingueirão na chapa (12,50€).

Mais elaborados são o tataki de atum, com gengibre e salada (11€), o polvo frito com batata  doce de Aljezur e salada de agrião (19,50€), o robalo com arroz cremoso de bivalves da Ria de Alvor (39,50€ para duas pessoas), ou o entrecôte de novilho grelhado (24€).

Já nos petiscos e sugestões mais rápidas tem os croquetes de rabo de boi (8€), o frango tandoori servido numa tortilha com molho de iogurte (9,50€), ou a tosta de presunto serrano com queijo da Serra e orégãos (12,50€).

Para a primavera deste ano, a juntar-se a este Clubhouse, está previsto um restaurante de fine dining que também será da responsabilidade do chef Louis Anjos. Foi na escola de hotelaria de Fátima que começou os estudos. Na região de Leiria trabalhou em vários restaurantes antes de seguir para projetos no Algarve, onde está nos últimos anos.

Além do Bon Bon, no Carvoeiro, passou também pela cozinha do Macdonald Monchique Resort & Spa, em Monchique. Fora de Portugal, conta com passagens pelo Viajante, em Londres, e pelo Martin Berasategui, em San Sebastian, em Espanha.

O chef já passou por vários restaurantes no Algarve.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Campo de Golfe de Palmares, Odiáxere, 8600-250 Lagos
    8600-250  Lagos
  • HORÁRIO
  • Das: 07:00
  • Às: 20:00
PREÇO MÉDIO
Entre 30€ e 50€
TIPO DE COMIDA
Mediterrânea

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT