Restaurantes

“Comer e calar.” Vem aí mais um jantar onde paga para ser insultado e mal servido

O Fábrica Rodízio de Picanha está a organizar uma nova edição da experiência insólita na qual prega partidas aos clientes.
Prepare-se (mas não conte a ninguém).

Quer ser bem atendido? Então este jantar não é para si. Conhece aquele conceito inspirado no popular meme “Karen”, o nome usado para definir aqueles clientes que se queixam de tudo e mais alguma coisa e que não perdem uma oportunidade para chamar o gerente quando as suas vontades não são satisfeitas? Pois bem, na Fábrica Rodízio de Picanha os papéis vão inverter-se: o alvo são os clientes.

“Come e Cala-te. Pedimos desculpa desde já. Faz uma partida aos teus amigos, Convida-os para um jantar indecente.” A proposta é esta — e não podia ser mais divertida. Os funcionários vão ignorar as solicitações, não esconderão as expressões de desagrado e até vão trocar pedidos propositadamente. Tudo no primeiro restaurante Fábrica Rodízio de Picanha em Odivelas.

Apostamos que a proposta não lhe é totalmente estranha. Afinal, esta é mesmo a terceira edição da iniciativa. Desta vez, porém, num novo espaço. “As noites temáticas têm sido um sucesso. As pessoas têm pedido bastante. Por isso, só fazia sentido fazer o mesmo para o segundo restaurante. Mais do que um local de comida, queremos ter sempre novas iniciativas. E os clientes têm estado a pedir bastante outro jantar destes”, revela à NiT Márcio Alvez, um dos sócios.

As “Karen’s” são, geralmente, mulheres brancas de classe média que utilizam a sua posição na sociedade para verem as suas exigências — por mais absurdas que sejam — satisfeitas. Muitas vezes recorrem a afirmações racistas, menosprezam os funcionários de lojas e restaurantes, numa exibição de superioridade moral absolutamente ilógica que não se coaduna com as regras da boa educação. No Karen’s Diner, conceito que nasceu em outubro de 2021 em Sydney, na Austrália, brincam com estas atitudes e replicam o estereótipo.

“Queremos reproduzir uma noite igual, dentro de certos limites”, explica Márcio Alves. “Não é nossa intenção ferir a suscetibilidade de ninguém”, acrescenta logo a seguir. No fundo, assegura-nos que procura “tornar o jantar bem divertido”.

Uma coisa é certa: vai pregar partidas aos amigos e familiares sentados à mesa. Para isso, os responsáveis contam com a já habitual ajuda de humoristas e de clientes cúmplices. “Os humoristas vão ser responsáveis por criar o ambiente. Se a recetividade das pessoas for boa, naturalmente haverá interação. Eles têm experiência e saberão estabelecer os limites”, ressalva Márcio. Pedro Alves Comedy, Carol Branco e Toni Montanhas estão confirmados para esta experiência única.

Para que tudo seja possível, será criado um grupo no WhatsApp, “onde todos os cúmplices poderão gravar e partilhar as reações dos convidados”. A ideia é simples: pega num grupo de amigos e leva-os ao Fábrica na terça-feira, 29 de agosto. Não revela o que se irá passar e entra na cena, fingindo que é tudo verídico. No final, apostamos que os momentos resultarão em muitas gargalhadas. Antes, porém, não se pode esquecer de fazer reserva.

Tudo enquanto devora picanha à discrição e acompanhamentos (como arroz e feijão-preto, batatas fritas e salada) por 18,95€. Também há pão de queijo (1,50€), azeitonas temperadas (2,05€), panacota (3,20€), creme brulée com chocolate branco (4,30€), petit gâteau (4,30€) e sangrias (como a espumante e maracujá, por 16€).

Aproveite para ler o artigo e descobrir mais sobre o segundo restaurante da marca, onde pode comer toda a picanha que conseguir por 18,95€. A seguir, carregue na galeria para conhecer o novo restaurante de Alverca, onde pode fazer uma autêntica festa na casa de banho — e até participar na eleição da música que ali se ouve ao carregar no “botão mágico”.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Praça Eng. José Vaz Guedes
    2614-400 Alverca
  • HORÁRIO
  • Todos os dias das 12h30 às 15h30 e das 19h30 às 23h30
PREÇO MÉDIO
?

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT