Restaurantes

Cool e saboroso: o Valentina’s é o novo italiano do Porto

É entre música e uma decoração inusitada que se servem as pizzas e pastas do restaurante do hotel Chib&Basic Gravity.
O risotto da casa.

À luz do dia, o garrido néon azul passa despercebido. À noite, é o chamariz de olhares indiscretos que, através da ampla janela para a Rua das Oliveiras, espreitam o que chega à mesa no Valentina’s, o novo restaurante italiano do Porto.

O objetivo era precisamente esse, o de abrir para a rua o espaço que, nesta edição portuense, está alojado no interior do hotel Chic&Basic Gravity, que foi inaugurado em 2021 sob o tema da gravidade — e onde os elementos do design arrojado estão por quase todo o lado. Piscinas invertidas, vasos no teto, sapatilhas arrumadas nas paredes dos quartos.

O que não se vira de pernas para o ar é a cozinha italiana do Valentina’s, um conceito que pertence ao grupo que tem 10 restaurantes em Barcelona. Este é, contudo, o primeiro enquadrado num hotel.

O arranque foi atribulado: uma pandemia, uma crise e a falta de mãos para trabalhar ditaram que só estivesse funcionar a cem por cento por estes dias.

Tal como o alojamento, o Valentina’s é um espaço informal, descomplexado e dinâmico. Sem se fechar ao hotel — a entrada faz-se pela porta principal, sem grandes divisórias —, na antecâmara impera uma ampla mesa que chega a sentar 18 pessoas em simultâneo.

É o espaço ideal para quem quer almoçar sem largar o trabalho ou para grupos maiores. A dois passos, a sala — que não parece, mas senta até 70 pessoas.

Cores tropicais quentes, os verdes, dourados, as madeiras e o papel de parede florido, com um toque kitsch, a chocar com as linhas modernas e os mosaicos que emprestam texturas ao cenário. O volume da música, mais alto do que o habitual, preenche os momentos mais vazios e constrangedores. Não é local de reflexão, mas de diversão — e isso transparece.

A abraçar as mesas, confortáveis e almofadados sofás. Para os mais esquisitos, existe ainda um balcão um nível acima das mesas, para quem prefere um almoço a solo.

Na carta, a inspiração é imperiosamente italiana, com algumas pequenas exceções que obrigam a incursões ao receituário espanhol: os ovos rotos bom batatas fritas, cogumelos e presunto ibérico (13€) ou os croquetes de presunto (4€).

Apesar de não ser uma marca original, o Valentina’s e a equipa de cozinha aventuram-se em algumas originalidades na carta, como é o caso da sopa de tomate com ovo a baixa temperatura e massa crocante (5€) ou o arroz cremoso de gambas (29€).

Qualquer refeição tem como preâmbulo as azeitonas sicilianas, verdes e rechonchudas — e sempre acompanhadas de uma focaccia fresca. Mas é com as entradas que se abrem as hostilidades.

Para começar, pode picar uns croquetes de gorgonzola (3€), mas também a sempre fresca burrata Isabella’s com rúcula e tomate confitado. Do lado italiano, nasce a beringela à la parimigiana (11€) e para um primeiro sabor a mar, as lulas fritas com maionese de tinta de choco (12€).

No que toca às pizzas, não podia faltar a inevitável Margherita (12€), mas também algumas irreverências como a de ovo, trufa e cogumelos (15€), a de mortadela trufada, stracciatella e trufa (16€) ou até uma fusão com presunto ibérico (16€).

A companheira pasta divide-se em diversas sugestões, umas mais leves, outras mais robustas. Nas primeiras, à cabeça, os ravioli de burrata com tomate cherry (18€) ou o tagliatelle do mar (18€). Há a sempre clássica carbonara (15€), o penne all’arrabiatta (12€) e um risotto de cepes (cogumelos) em queijo pecorino (16€). Nota: prepare o telemóvel, porque este último é finalizado na mesa, no interior de uma gigante roda de queijo pecorino, que empresta o perfume final de que necessita.

Para quem não dispensa a tradição italiana de atacar o segundo momento da refeição, há ainda opções de carne ou peixe: uma tagliata de lombo com queijo parmesão (22€) ou uma milanesa com ovo a baixa temperatura (16€), mas também salmão com puré de batata doce (16€) e um filete de robalo com legumes e batata pont neuf (17€).

Por fim, as sobremesas, que são mais que muitas. Tem uma luxuosa tarte de limão merengada (6,5€) e cheesecake com gelado de framboesa (6€); e para os mais gulosos, a pizza de Nutella (6,5€) ou os crepes de Nutella com gelado de doce de leite (6€). Por fim, pode ainda escolher o típico tiramisú (6,5€) ou o brownie de chocolate com gelado de baunilha (6,5€).

Carregue na galeria para ficar a conhecer melhor o Valentina’s.

ver galeria

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua das Oliveiras, 48
    4050-448 Porto
  • HORÁRIO
  • Das 12h30 às 15h30 e das 19h30 às 22h30
PREÇO MÉDIO
Entre 30€ e 50€
TIPO DE COMIDA
Italiana

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT