Restaurantes

Depois de 6 anos no Cais do Sodré, Água de Beber reabre com nova morada

O pequeno bar cresceu e transformou-se num restaurante com muito mais delícias brasileiras para experimentar.
Petiscos e pratos brasileiros.

O bar Água de Beber, no Cais do Sodré, em Lisboa, fechou as portas no dia 31 de agosto de 2019. Depois de seis anos, como seria de esperar, deixou saudades nos clientes que se concentrava na rua por causa das dimensões do bar — apenas tinha 16 lugares sentados.

Entretanto, o espaço que virou ponto de encontro de brasileiros — e também atraía portugueses apaixonados pelo Brasil — foi uma das vítimas do desenvolvimento hoteleiro e da exploração turística do Cais do Sodré.

“Isto é resultado do que está a acontecer com Lisboa. O prédio foi comprado por um grupo alemão, pelo que nos contaram, e precisámos desocupar o espaço. Os meus vizinhos também tiveram que sair, incluindo a taberna histórica da Casa do Cid”, conta à NiT Marco Silva, dono do espaço.

Apesar de ser obrigado a mudar de endereço e ter encontrado um espaço três vezes maior, Marco Silva quis manter a alma de boteco brasileiro do restaurante. Com capacidade para 47 pessoas sentadas, o novo Água de Beber ainda mantém o clima intimista, perfeito para se sentir em casa num encontro com os amigos.

O espírito do Cais do Sodré mantém-se vivo na decoração feita com elementos náuticos como cordas, mapas e um grande leme pendurado na parede.

O projeto do designer Jorge Franco reaproveitou prateleiras de madeira da antiga farmácia que havia no local para confecionar o balcão, a adega e o armário de copos e bebidas do espaço. Uma placa antiga de laboratório também foi reutilizada e agora indica o caminho para a cozinha.

A nova morada do Água de Beber é no número 73 da Rua Poiais de São Bento. A carta mantém os petiscos, mas há várias opções de pratos que não estavam disponíveis no antigo espaço.

A famosa coxinha de frango (2€) e o caldo de feijão servido no Cais do Sodré continuam a faz parte da carta — que inclui ainda filé a palito (8,50€), espetada (6,50€) acompanhada de vinagrete, feijão tropeiro e mandioca,  picanha (6,50€) e até feijoada aos domingos (8€).

Para a sobremesa, pode escolher entre o cural de milho (3€), o pudim de leite condensado (3€) ou a mousse de frutas (2,50€).

“Queremos manter a identidade do Água de Beber como um ponto de encontro. Costumo dizer que pode até vir sozinho, mas por cá não vai continuar sozinho, porque vai encontrar sempre alguém conhecido. Também não quis torná-lo um espaço gourmet. Preferi deixar este clima de bar, um local fixe com o preço barato”.

A trilha sonora ainda é a mesma do antigo bar: Bossa Nova, música popular brasileira, samba de raiz e até jazz. Às sextas e sábados, a animação fica por conta da música ao vivo.

Carregue na galeria para conhecer melhor o novo Água de Beber.

 

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua dos Poiais de São Bento, 73, Lisboa.
    1200-346 Lisboa
  • HORÁRIO
  • Todos os dias das 16h às 00h
PREÇO MÉDIO
Menos de 10€
TIPO DE COMIDA
Brasileira

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT