Restaurantes

Dois amigos pegaram nas receitas da avó Cândida e criaram um negócio de rissóis

São feitos à mão e entregues na zona da Grande Porto. Incluem versões com queijo, salsicha fresca, fiambre e bife.
Os rissóis de camarão são uns dos que pode pedir.

Fábio Marques, 33 anos, e Hugo Araújo, 32, são amigos de infância, mas foi preciso esperarem pela idade adulta para criarem um negócio juntos. A família de Fábio já tinha um passado ligado à produção e venda de rissóis e foi nisso mesmo que apostaram. A Rossileta surgiu em 2021. Fazem entregas dos produtos congelados — são todos feitos à mão e com diferentes recheios.

“A ideia surgiu durante a pandemia. Com toda a gente fechada em casa e privada dos encontros com os amigos e família, surgiu a ideia de criar uma forma que pudesse levar um petisco típico e de festa às pessoas”, explicam à NiT.

As receitas que usam têm uma base familiar. A dona Cândida, avó de Fábio, foi quem lhe passou a forma de preparar os rissóis e gosto pela cozinha. O neto seguiu a área e além de participar neste projeto da Rissoleta é também ajudante de pasteleiro. Já Hugo trabalha como designer e ilustrador.

Os rissóis são petiscos de eleição no nosso grupo de amigos e estão presentes em qualquer piquenique, lanche ou como entrada nos jantares. Queríamos levar às pessoas um pouco da alegria que associamos ao rissol.”

Queijo, fiambre, bife, salsicha fresca e molho de francesinha são algumas das sugestões que têm disponíveis. “A forma de confeção e de consumo é a mesma mas, embora tenhamos algumas receitas mais tradicionais, um dos objetivos é testar novas combinações de sabores e chegar a outros públicos.”

Os rissóis são entregues congelados.

Não usam qualquer produto congelado na preparação dos rissóis, apesar depois de serem entregues dessa forma em conjuntos de seis unidades. Em casa as pessoas só os têm de fritar, tal como é tradicional.

Chegar à receita final não foi fácil, mas estão contentes com o resultado obtido. “Foi, e é, um trabalho constante de aperfeiçoamento e teste, mantendo as bases da receita que sabemos que funciona mas tentando criar algo novo e entusiasmante. As sessões de prova são, claro, muito duras mas alguém tem que as fazer.”

Tudo é feito numa casa na zona da Vila Nova de Gaia e as entregas chegam a todo o Grande Porto. Pode encomendar por mensagem privada enviada através do Instagram. Outras das opções são o site da marca ou pelo e-mail info@nullrissoleta.pt.

Estão sempre à procura de novos recheios e é nessas combinações que continuam a trabalhar. “Estamos também a desenvolver opções mais saudáveis para chegar a outros públicos. Por exemplo: estamos a estudar uma opção sem glúten.”

Criar um negócio em altura de pandemia é complicado, mas também foi este o contexto que fez surgir a ideia. “A pandemia criou a oportunidade e ajudou a moldar projeto. No fundo, não foi um revés mas sim um momento impulsionador”, afirmam.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT