restaurantes

O sítio favorito de Matt Preston para comer peixe fica no Algarve

O ex-jurado do “MasterChef Austrália” esteve em Portugal há um ano. A viagem continua a estar entre as mais memoráveis que fez.
Esteve em Portugal no passado verão.

Falar de “MasterChef Austrália” é falar de Matt Preston. O gastrónomo já não é jurado do programa, mas continua sempre a ser associado aos desafios e às provas que fazia às sugestões de outros potenciais chefs. Matt Preston já viajou por todo o mundo, mas uma das refeições mais memoráveis que fez foi em Portugal. Esteve no País no verão de 2019 e é no Algarve que fica um dos seus espaços favoritos para comer peixe em todo o mundo.

Publicou um artigo no blogue “Escape” onde revelou os três melhores restaurantes onde comeu ao longo dos últimos anos. “Quando me pedem conselhos ou inspiração para férias gastronómicas com comidas memoráveis, volto sempre aos lugares que me emocionaram mais recentemente”, explicou.

No top três referido, são os espaços no Algarve que estão em primeiro lugar. “Grelhar peixes na brasa é uma paixão por aqui, com as suas mesas de plástico, cadeiras e guardanapos de papel. Fazem isso de forma impecável, seja um pregado, atum ou lula”, disse. Nesse verão fez um roteiro por vários espaços na zona de Olhão, da Fuseta e de Tavira.

“O peixe inteiro chega à mesa temperado com um pouco de alho e azeite. É servido com batata cozida e uma simples salada de tomate com orégãos. O melhor era o linguado, o linguado da região, com uma carne tão delicada, clara e recém cozida que escorregava das espinhas.”

Esta memorável refeição foi a que fez no Café dos Mestres, na Fuseta, onde por menos de 100€ juntou à mesa o tal pregado, linguado, sardinhas, bebidas e sobremesas, sempre com os barcos e pesca como paisagem.

Não foi referenciado neste artigo de Matt Preston, mas na viagem que fez ao País no passado verão, para promover o livro “Delicioso, Fácil, Rápido”, passou por outros espaços em Portugal. Foi o caso do Alma, em Lisboa, do chef Henrique Sá Pessoa; o Luís dos Frangos, em São Brás de Alportel; Restaurante Dom Dinis, em Beja; ou o Chá Chá Chá, em Olhão.

Em segundo lugar na lista das melhores refeições que fez recentemente, está um espaço em Nova Iorque, nos Estados Unidos da América, o Blue Hill At Stone Barns. O top três é fechado com o Maido, em Lima, no Peru, que já teve entre os melhores da lista dos World 50 Best.

Carregue na galeria para conhecer os restaurantes que Matt Preston visitou em Portugal.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT