Restaurantes

Estafeta subiu os mais de 3 mil metros do Monte Fuji para entregar uma pizza

No total, o cliente terá pago cerca de 300€, sendo 27,99€ pela pizza e 291€ pelo serviço. A história não é bem o que parece.

Por estes dias, o monte Fuji, uma das três montanhas sagradas do Japão, serviu de cenário a uma situação inusitada. Sem que nada o fizesse prever, um estafeta subiu os mais de 3.500 metros de altura do vulcão, inativo desde 1708, para entregar uma pizza. De modo a cumprir a tarefa, demorou cerca de seis horas. No total, o cliente teria pago, aproximadamente, 300€, sendo 27,99€ pela pizza e 291€ pelo serviço do entregador, noticiou a “Marca”.

O caso começou a chamar a atenção no dia 21 de agosto quando um utilizador do Twitter partilhou uma fotografia do momento, acompanhada por uma legenda que o resumia. “Subi ontem o monte Fuji e havia gente a pedir pizza Domino’s”, escreveu @fatmanairsof, citado pela “La Razón de México”.

A 31 de agosto, contudo, o jornal avançou que história não era bem o que parecia. No seu blogue pessoal, o suposto estafeta, identificado como Umanami Futoshi, contou que a entrega não passou de uma simulação. Apaixonado pelo montanhismo e cosplay, o jovem resolveu unir o melhor dos dois mundos para demonstrar que não há entrega impossível, mesmo que implique subir ao monte mais alto de toda a nação japonesa.

Futoshi explicou, igualmente, que tem o hábito de se disfarçar de funcionário de diversas cadeias de comida ou plataformas para levar comida aos escaladores e, assim, dar-lhes ânimo para que não desistam da atividade.

“No ano passado, por esta altura, comprei uma bolsa da Uber. Pensei que seria divertido escalar o monte Fuji com ela, então foi o que fiz. Comecei a escalar com este traje. Todos me diziam que fizesse o melhor que conseguisse, pelo que adquiri energia e tornou-se mais fácil escalar”, concluiu.

À “TV Ashi” adiantou que já está pensar na sua próxima aventura e no que vai vestir para a protagonizar.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT