restaurantes

Este restaurante abandonado da McDonald’s é o mais assustador do mundo

O edifício flutuante ainda funcionou durante alguns meses, mas depois acabou sem utilidade. Houve quem o quisesse recuperar.
Tinha sido inaugurado em 1986 e acabou ao abandono.

Estamos habituados a ver os restaurantes da McDonald’s em localizações estratégicas, com os habituais arcos dourados e uma decoração que remete sempre para o mesmo estilo. A ideia de um espaço à partida arranjado e bem apresentado cai por terra assim que conhece o Friendship 500, também chamado de McBarge.

Este foi durante alguns meses um dos restaurantes mais arrojados da cadeia, mas acabou por fechar e ficar abandonado, tornando-se num dos mais assustadores do mundo segundo a “Lethbridge News Now”.

O projeto foi inaugurado em 1986 para a Expo mundial desse ano que se realizou em Vancouver, no Canadá. O restaurante flutuante estava cheio de plantas no interior, o chão era em madeira e havia uma cozinha escondida. Os empregados tinham uniformes com motivos náuticos e faziam serviço de mesa.

Recebeu milhares de visitantes durante a feira, mas acabou por encerrar logo que terminou a Expo. Ficou ao abandono durante vários anos. Em 1991 parecia que ia ter uma segunda oportunidade de continuar a brilhar.

Houve quem o quisesse comprar para ali fazer uma espécie de museu sobre o oceano e tecnologia subaquática. Acabou por ser levado para Burrard Inlet, próximo de uma refinaria, mas nunca chegou a receber o tal projeto.

Em 2017 foi criado uma angariação de fundos através de crowdfunding para reabilitar a estrutura, mas acabou por não acontecer. Sem qualquer tratamento e limpeza, o antigo restaurante acabou por ficar cada vez em piores condições.

Já este ano, em fevereiro, o novo proprietário do McBarge revelou que o queria transformar num restaurante mais uma vez, mas dedicado a marisco. Até agora não foi confirmado se irá mesmo acontecer. 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

Novos talentos

AGENDA NiT