NiTcom

Este movimento vem dar mais apoio à restauração em Portugal — e todos podem ajudar

A Makro Portugal, a Visa e TVI juntaram-se para dar força a um dos setores mais afetados pela pandemia.
Volte ao sítio de sempre.

Os confinamentos provocados pela pandemia deixaram vários setores de atividade muito mais vulneráveis. A restauração foi (e é) um deles. Não sabemos muito bem como é o que os restaurantes se vão adaptar aos próximos tempos, mas uma coisa é certa: se todos os conseguirmos ajudar, com o mínimo possível, eles vão conseguir manter as suas portas abertas. 

Neste momento, com o regresso à normalidade, os vários restaurantes voltam a abrir depois de vários meses fechados e já é mesmo possível sentar-se e pedir a comida de que tanto gosta. Para incentivar os portugueses a fazer isso mesmo, foi lançado um Movimento de apoio à restauração em Portugal — e todos podem participar e ajudar.

“A vida não é para levar. É para comer aqui” é o mote do Movimento que junta a Makro Portugal, a Visa e TVI com um simples mas importante objetivo: apelar à recuperação deste setor. E, para isso, todos podemos contribuir de alguma forma — nem que seja fazer o enorme sacrifício de comer aquele prato delicioso que pedimos sempre que vamos ao nosso restaurante favorito.

Todas as ações deste Movimento procuram ajudar a recuperar o setor, promover o comércio local, partilhar histórias entre consumidores e estabelecimentos e re-aproximar consumidores, restaurantes e marcas. Como? No site do Movimento (ou até nas suas próprias redes sociais, com a hashtag #ParaComerAqui) é possível partilhar as fotografias, os vídeos e até as histórias mais bonitas e divertidas que tenha neste seu espaço de eleição. Habilita-se a que a sua seja transmitida em direto na TVI.

O Movimento “A vida não é para levar. É para comer aqui” tem como embaixadores a apresentadora Mafalda Castro e o ator Lourenço Ortigão. Ambos participam num filme que é uma espécie de manifesto – saem do trabalho e vão a um restaurante local e convidam os portugueses a juntarem-se ao Movimento.

O melhor é não perder mais tempo para reservar mesa no seu restaurante favorito – amanhã já pode ser tarde demais. Partilhe depois as fotografias, vídeos ou histórias no site do Movimento ou nas suas redes sociais, com a hashtag #ParaComerAqui.

Este artigo foi escrito em parceria com Makro Portugal, Visa e TVI.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT