restaurantes

Gordon Ramsay aventurou-se num Wellington vegan — mas nem todos estão convencidos

O chef tem partilhado receitas vegan. As reações nas redes sociais têm sido mistas: uns adoram, outros odeiam.
Chef anda ativo no Instagram.

É bem conhecido pelo seu feitio como apresentador, mas foi o seu talento na cozinha que o tornou famoso. Por estes dias, o chef Gordon Ramsay tem andado bastante ativo nas redes sociais com novas receitas. Porém, há uma que tem chamado a atenção.

Janeiro é “veganuary”, um movimento online que aposta neste mês para promover alternativas ao consumo de produtos de origem animal. O desafio é mesmo passar janeiro inteiro sem tocar em opções de origem animal. Ramsay tem-se juntado ao movimento com diferentes receitas mas o seu bife Wellington foi alvo de debate, ao ponto de ter sido notícia no britânico “Mirror”.

A origem e nome do prato ainda hoje são debatidos mas uma coisa é certa: o bife Wellington é assunto estimado no Reino Unido. Há diferentes receitas para trabalhar este bife. Desta vez, Ramsay apostou num “twist vegan”.

A apresentação do prato é impecável e toda a receita foi partilhada nas stories e no site do chef. Há vários elogios mas também alguns seguidores do chef zangados, o que não é novidade se pensarmos que nas redes sociais por vezes o debate em torno das opções vegan se torna acalorado demais.

Entre algum calão, houve comentadores que dissessem tratar-se de “uma tragédia” e outro chocado com a alternativa principal que serviu de base. Em vez de carne, o chefe optou por trabalhar com beterraba. “Muito triste ver um bife Wellington com beterraba”, lamentava um dos comentários.

Gordon Ramsay não é vegan. Ainda no verão passado experimentou peixe durante a sua passagem por Portugal. Porém, tem apostado em cada vez mais opções para veganos nos seus restaurantes e tem feito uso das suas plataformas online para promover precisamente as alternativas vegan.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT