Restaurantes

Há um novo restaurante no Porto onde pode provar grelhados na lenha

O Assador Portuense é muito mais do que um spot para comer, é uma experiência cultural que combina história e tradição.

O Assador Portuense abriu a 21 de setembro num edifício histórico de 1880 e reconhecido como Património Municipal, preservando assim a sua fachada tradicional e o balcão original da antiga Casa Margaridense. O espaço conta ainda com uma montra de Vinhos do Porto, com mais de 100 referências, que carregam a cultura e tradição da cidade.

Xulio Santinos é o responsável pelo projeto. O galego de 52 anos trocou a Coruña pelo Porto há mais de duas décadas e quando surgiu a oportunidade de abrir uma espécie de taberna tradicional, não hesitou. “Senti que tinha de homenagear a cidade que tão bem me recebeu e que se converteu na minha casa. Era um projeto que tinha adiado desde há muito tempo porque não encontrava o espaço certo, por isso, quando a Casa de Ló (antigamente sediada neste espaço) fechou as suas portas permanentemente soube logo que um sonho tinha ido, porque outro (o Assador Portuense) vinha a caminho”, explicou o também dono do Morriña, restaurante galego.

Este novo projeto no coração da cidade combina história, tradição e o melhor da gastronomia. Pela falta de locais onde a carne fosse verdadeiramente apreciada e trabalhada, Xulio juntou uma equipa de profissionais para trazer à cidade um novo destino gastronómico. No Assador Portuense a estrela é a carne, da raça Barrosã e Arouquesa.

A técnica diferenciadora do restaurante passa por grelhar com lenha. O objetivo é realçar os sabores naturais da carne, que só é temperada com sal. Na carta estão disponíveis diversos cortes de carne. No entanto, existe a possibilidade do cliente escolher o tipo de carne e o corte desejado que é confecionado na hora, permitindo, assim, uma experiência personalizada.

“O segredo da nossa casa está nos nossos grelhados. Utilizamos apenas a melhor carne portuguesa, proveniente das regiões do interior, para garantir um sabor autêntico e inesquecível”, explica o responsável.

Mas não é só de carnes que vive o novo assador da cidade. Entre as opções há lombo de bacalhau grelhado e duas opções veganas, especialmente criadas para conquistar os paladares mais exigentes. Há também entradas típicas e acompanhamentos cuidadosamente selecionados, embora Xulio admita que a carne só é bem acompanhada com batatas fritas. A carta de vinhos também é alargada, referências portuguesas.

O ambiente do espaço é descontraído, enriquecido pela história que se respira em cada canto do restaurante, tornando esta uma experiência única. Por se tratar de um local assinalado como Património Municipal, não foram permitidas obras ou qualquer tipo de restauros no espaço, para além daquelas dirigidas pela própria Câmara Municipal do Porto.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Assador Portuense (@assadorportuense)

A sala principal de jantar conta com 34 lugares sentados, na esplanada há espaço para mais 32 pessoas que poderão ver ao vivo como são confecionadas as suas carnes no grelhador. No primeiro andar existe uma sala com mais 12 lugares e ainda um salão destinado a almoços ou jantares de empresas, oferecendo um ambiente privado e intimista para dez pessoas.

Nas entradas poderá encontrar típicas sugestões de tasco português como moelas (4,70€), caldo verde (4€), couvert (2,50€) ou croquetes de alheira (6,30€ para quatro unidades) e as iscas de bacalhau, que são artesanais e feitas na casa. Nas carnes, o destaque vai para o Tomahawk (68,50€), o costeletão de vaca velha barrosã (DOP, 94€), T-bone de vaca velha arouquesa (DOP, 98,50€), sendo que estes preços são de acordo aos quilos do corte de carne desejado. Para os apreciadores de peixe há lombo de bacalhau da Islândia à Portuense (23,90€) e entre as opções veganas destacam-se o bife de seitan com espargos verdes (14,50€) e a espetada de tofu com beringela grelhada (13,70€).

Os mais pequenos da casa também são bem-vindos, existindo um menu criado especialmente para eles. É composto por uma omelete de salsichas e bacon com batata frita ou arroz de ervilhas (11,50€). Pensando nos mais gulosos, há sobremensas a partir dos 3€, como a salada de frutas, passando pela mousse de chocolate ou o pudim, ambos caseiros (4,70€) às bolas de gelado. 

“O Assador Portuense foi realmente pensado para todos os portuenses. Escolhemos todos os pratos e ingredientes com rigoroso cuidado para garantir uma boa relação qualidade/preço. Claro que abrimos as portas a turistas, que querem sempre conhecer os sabores tradicionais da cidade, mas o assador é um espaço que quer receber as famílias portuenses e fazê-las parte desta família luso-galega”, admite à New in Porto.

Este novo assador da cidade localiza-se na icónica Travessa de Cedofeita, a dez minutos a pé da estação de metro da Trindade.

Carregue na galeria para conhecer a arte gastronómica que é feita nos grelhadores deste espaço.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Travessa de Cedofeita, 20-A
    4050-183 Porto
  • HORÁRIO
  • Quinta-feira a segunda-feira das 12h30 às 16h e das 19h30 às 01h
PREÇO MÉDIO
Entre 30€ e 50€
TIPO DE COMIDA
Carne

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT