restaurantes

Há uma nova Capricciosa no Parque nas Nações — sem pizzas e cheia de grelhados

O capricho também se serve grelhado. A Capricciosa Grill é a nova aposta do grupo em Lisboa, aberta durante a pandemia.
Nem só de carne se fazem os grelhados.

Desde o início de outubro que existem dois restaurantes da Capricciosa no Parque nas Nações, em Lisboa. No Passeio das Tágides, no edifício que fica à frente do Altice Arena, virado para o Tejo, o piso térreo é dedicado ao conceito clássico do grupo, onde as pizzas estão em grande destaque. E no primeiro andar está a mais recente novidade, o Capricciosa Grill, que aposta nos grelhados.

O restaurante esteve em soft opening durante as últimas duas semanas, para afinar a carta e o serviço. Neste não vai encontrar pizzas no menu, a não ser o pão de alho, que é das poucas coisas que se mantêm em relação ao conceito original da Capricciosa.

O projeto do Grill foi pensado numa reunião de equipa em que o grupo discutiu a extensão a novos conceitos. Chegaram a pensar em sushi mas decidiram avançar com os grelhados, numa vertente mais moderna.

“Achámos que o grill era algo que já existia mas pouco democratizado. Pensar em churrasqueiras dá logo a ideia de carne e barbecue mas aqui quisemos que todos os elementos tivessem o mesmo valor, desde a carne aos vegetais”, explica à NiT Ana Arié, diretora geral do grupo Capricciosa.

No espaço já tinha funcionado uma Capricciosa que acabou por se mudar para o piso inferior este verão. A cozinha manteve o forno a lenha, onde é preparado o pão de alho, e ganhou um Josper —  um forno que grelha a carvão — por onde vão passar grande parte dos elementos desta ementa.

As entradas incluem burrata trufada com rúcula e mel (7€), bresaola com agrião e requeijão (5€), carpaccio de vitela com parmesão (7€), húmus com focaccia, que muda todas as semanas (5€), ou o carpaccio de courgette com pinhões, limão e manjericão (5€).

Escolher uma refeição no grill vai implicar fazer opções. Primeiro terá de optar por uma proteína, depois por um molho e dois acompanhamentos. Tem, por exemplo, a picanha (12,50€), o hambúrguer de vaca (10€), as plumas de porco preto (14€), o salmão (10€), a salsicha toscana (10€), o tofu (11€) ou o camarão tigre (18€).

Os preços já incluem todas as opções do prato, que é bastante bem servido. O melhor é ir com calma nas entradas para conseguir comer tudo. Nos molhos pode escolher entre o pesto de espinafres, a maionese de azeite com cebolinho, o molho cocktail e iogurte ou a maionese chipotle.

Nos acompanhamentos, existem saladas que podem ser pedidas como prato em dose maior. É o caso da salada de coração de alface ou da mexicana com milho assado, batata doce e laranja assada. Há ainda batatas fritas, arroz branco, feijão preto e farofa para juntar às opções do grill.

No final, se ainda tiver apetite, tem o cheesecake (4€), a panna cotta de framboesa (4€), o bolo de chocolate com gelado (5,20€), ou o abacaxi grelhado no Josper com lúcia lima e sorvete de limão (3,50€).

Entre lugares no interior e na esplanada, o novo Capricciosa Grill tem capacidade para 260 pessoas. Carregue na galeria para conhecer melhor este novo espaço onde reinam os grelhados. 

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Passeio das Tágides 2.26.01, 1990-280 Lisboa
    1990-280 Lisboa
  • HORÁRIO
  • Das: 12:00
  • Às: 15:00
  • Das: 19:00
  • Às: 00:00
PREÇO MÉDIO
Entre 10€ e 20€
TIPO DE COMIDA
Grelhados

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT