restaurantes

Já pode pagar refeições com criptomoedas no Ajitama

O restaurante de Lisboa é dos poucos da cidade onde é possível fazer pagamentos com estas moedas.
Pode deixar a carteira e os euros em casa.

Pode esquecer-se da carteira e os euros da próxima vez que for ao Ajitama. Este restaurante de Lisboa passou a aceitar pagamentos através de criptomoedas. Esta é uma forma de espaço se manter atualizado neste mundo da digitalização financeira. Foi ainda criado um cocktail especial que é oferecido a todos os que fizerem os pagamentos desta forma.

Bitcoin, Bitcoin Cash, Ethereum, Dogecoin, Litecoin, DAI e USDC são as moedas que são aceites neste novo modelo. Neste caso, o pagamento é sempre feito por via digital, com contactless, sem qualquer contacto entre os clientes e os funcionários.

Assim que chega a conta, é inserido o valor numa aplicação que os converte para o valor correspondente em criptomoedas. É gerado um QR Code para que os clientes possam abrir através do seu telemóvel e fazer a respetiva liquidação.

Se pagar desta forma, recebe de Satoshi Nakamoto, o cocktail que criaram para a ocasião com o nome do criador da primeira moeda digital. Junta whisky japonês Nikka, café, sementes de sésamo tostadas e pepitas de yuzo.

Neste restaurante, os ramens são a especialidade. Pode optar entre o Shoyu, com caldo de galinha, barriga de porco e tomate assado a baixa temperatura; o Veggie, um caldo de abóbora com espargos, courgette e tomate assado; ou o Shio, também um caldo de galinha com barriga de porco e cebola frita.

Além do ramen há um caril japonês com frango, vegetais, arroz e ovo; e o Gyodon, uma sugestão com carne de vaca fatiada, arroz e ovo cozido a baixa temperatura.

Carregue na galeria para conhecer os novos restaurantes de Lisboa.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT