Restaurantes

João Rodrigues volta a conquistar os prémios Mesa Marcada

O comandante da cozinha do Feitoria ficou no topo do ranking dos chefs — e também no primeiro posto dos melhores restaurantes.
Ninguém o bATate

O panorama gastronómico português abre o ano com mais uma edição dos prémios do blogue “Mesa Marcada”. Num ano conturbado, o topo do ranking manteve-se inalterado, com João Rodrigues, do Feitoria (Lisboa), a agarrar o primeiro lugar pelo segundo ano consecutivo.

O ranking, divulgado esta segunda-feira, 18 de janeiro, colocou no segundo posto António Galapito, do Prado (Lisboa) e em terceiro Hans Neuner, chef do Ocean (Porches). Nesta lista houve também espaço para algumas surpresas. No grupo restrito dos 20 surge Arkhe, o restaurante vegetariano de João Ricardo Alves, que ficou em nono lugar.

No que toca a restaurantes, também o Feitoria de João Rodrigues conquista o topo, seguido do Essencial (Lisboa) e Euskalduna (Porto). Além dos rankings, são atribuídos prémios especiais, como o de carreira, que ficou nas mãos de um nome conhecido, o chef Vítor Sobral.

Para premiar a sustentabilidade, a honra recaiu sobre o restaurante da Herdade do Esporão. E num prémio inédito que premeia um elemento tão importante e tantas vezes esquecido, a eleição do Serviço de Sala do ano foi entregue ao Ocean.

Veja a lista completa dos vencedores.

Top Restaurantes de 2020
Feitoria – Lisboa
Prado – Lisboa
Ocean – Porches (Armação de Pêra)
Essencial – Lisboa
Euskalduna – Porto
Belcanto – Lisboa
Fifty Seconds – Lisboa
Loco – Lisboa
Arkhe – Lisboa
The Yeatman – Vila Nova de Gaia

Top Chefes de 2020
João Rodrigues – Feitoria/Altis Belém
António Galapito – Prado
Hans Neuner – Ocean
Vasco Coelho Santos – Euskalduna
André Lança Cordeiro – Essencial
José Avillez – Belcanto
Alexandre Silva – Loco
Filipe Carvalho – Fifty Seconds
Henrique Sá Pessoa – Alma
Vincent Farges – Epur

Prémios Especiais 2020
Prémio Mesa Diária – O Velho Eurico
Prémio Take-Away – Essencial
Prémio Produtor/Fornecedor do Ano: Adolfo Henriques/Granja dos Moinhos
Prémio Carreira: Vítor Sobral
Prémio Sustentabilidade: Restaurante Herdade do Esporão
Prémio Destaque do Ano: Arkhe
Prémio Restaurante Novo do Ano: Cura
Prémio Chefe Revelação do Ano: Marlene Vieira (Zunzum Gastrobar)
Prémio Chefe de Pastelaria do Ano: Américo Santos (Belcanto)
Prémio Escanção do Ano: Marc Pinto (Fifty Seconds)
Prémio Serviço de Sala do Ano: Ocean

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT