Restaurantes

La Susy: o novo restaurante de Chakall tem empanadas com sabores do mundo

O projeto é uma homenagem à mãe que lhe passou a receita desta iguaria argentina. A ideia é abrir outros espaços no País.
Este é o primeiro restaurante do chef na zona norte.

Chakall saiu da zona da Grande Lisboa — onde se situam a maioria dos seus projetos em Portugal — e virou-se para o norte do País. É em Vila Nova de Gaia abriu o mais recente conceito do chef. Chama-se La Susy, é uma homenagem à mãe, e apenas vende empanadas tipicamente argentinas — com recheios de todo o mundo.

O novo espaço fica na zona do food court do El Corte Inglés da cidade nortenha e não se quer ficar por aqui. O objetivo passa por abrir outros espaços semelhantes em mais zonas de Portugal. Lisboa pode ser a próxima cidade a receber o conceito.

O La Susy foi criado por Chakall em parceria com a irmã, Silvina Lopez. É um restaurante familiar já que também as receitas foram-lhes passadas pela mãe, Susana Maria Fisch, mais conhecida por Susy — daí o nome do projeto.

“Comecei a aprender a fazer empanadas com uns 5 ou 6 anos. Lembro-me que aos fins de semana havia pessoas que viajavam duas a três horas para vir ao restaurante da minha mãe, só para se deliciarem com as empanadas dela”, explica o chef.

A ideia do La Susy começou a ser afinada ainda nos primeiros meses da pandemia. Nessa altura, os irmãos começaram a fazer empanadas que eram vendidas para França. A partir do final de 2021 começaram a desenvolver este espaço físico. A abertura em Vila Nova de Gaia aconteceu no início de março.

O restaurante fica na zona de food court do El Corte Inglés.

“A receita secreta é da nossa mãe. Com esta nova marca pretendemos trazer a Argentina para Portugal e levá-la daqui para o resto do mundo. O fabrico é feito em território nacional e, para breve, está a abertura de uma unidade de produção na zona da Lourinhã”.

Cada empanada custa 2,95€. No menu encontra sugestões mais tradicionais, como é o caso da Porteña, com carne e a Patagónia, com recheio de queijo e fiambre. Foram ainda criados sabores inspirados noutros países.

De Itália chega a Caprese, com tomate seco, mozzarella e manjericão; da Tailândia a Thai, preparada com frango, caril, coentros e leite de coco; e de Marrocos a Marroquina, que no interior junta frango, passas, canela e cebola.

Existe ainda uma versão portuguesa. Chama-se Bairrada e junta leitão e molho de pimenta. “As viagens são também parte do nosso ADN e a comida efetivamente une as pessoas e as memórias que trazemos dos locais que visitamos. Comer uma empanada remete-nos para a infância — para os cheiros, sabores e para as memórias que nos trouxeram até aqui.”

As empanadas podem ser comidas no espaço, mas também em take-away, se preferir. Em breve, será possível fazer pedidos através das plataformas de delivery. Além do típico snack argentino, existem mais sugestões típicas deste país sul-americano.

Tem, por exemplo, os biscoitos alfajores, os frascos com doce de leite caseiro ou molho chimichurri (muito usado na Argentina para temperar carnes) que também liga com as diferentes empanadas.

O La Susy quer chegar a mais zonas do País e outro dos objetivos passa pela internacionalização. O Dubai e o Luxemburgo são alguns dos mercados que já estão a ser pensados por Chakall e pela irmã.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Avenida da República, 1435, Vila Nova de Gaia
    4430-999 Vila Nova de Gaia
  • HORÁRIO
  • Das: 10:00
  • Às: 23:00
PREÇO MÉDIO
Menos de 10€
TIPO DE COMIDA
Argentina

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT