Restaurantes

Ljubomir e o movimento “A Pão e Água” foram recebidos na Câmara de Lisboa

Os representantes do setor da restauração que continuam em greve de fome foram ouvidos por Fernando Medina.
Movimento continua em greve de fome

Depois de sete dias em greve de fome à frente do Parlamento, os representantes do movimento “Sobreviver a Pão e Água” foram ouvidos ao final da tarde desta quinta-feira, 3 de dezembro, na Câmara Municipal de Lisboa.

O grupo constituído por oito homens e uma mulher — entre eles, o chef Ljubomir Stanisic e José Gouveia, presidente da Associação Nacional de Discotecas — foram ouvidos pessoalmente por Fernando Medina. À saída, o presidente da autarquia disse que a reunião decorreu “num espírito de franqueza e diálogo” e que não quer uma “guerra” entre o governo e os representantes do movimento. Por sua parte, Ljubomir explicou que “ficou acordado que, dentro de sete dias, haverá um novo encontro”.

Ainda assim, os representantes do movimento sublinham que não irão desmobilizar até conseguirem ser ouvidos pelo primeiro-ministro ou pelo ministro da Economia. “É nossa vontade terminar a greve de fome, mas só em grupo é que vamos decidir”, disse José Gouveia.

Ljubomir já teve de ser assistido pelo INEM e levado ao hospital na noite de quarta-feira, tendo regressado depois para junto dos colegas. Esta quinta-feira, outro membro do terá necessitado igualmente de assistência após ter desmaiado.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT