restaurantes

Matosinhos cria serviço de entregas sem custos para restaurantes e clientes

Ainda não está totalmente fechado, mas o objetivo é começar a funcionar já a partir deste fim de semana.
A medida será apresentada esta semana.

O próximo concorrente da Uber Eats e da Glovo em Matosinhos vai ser criado pela própria câmara municipal da cidade. O objetivo é ajudar o setor da restauração e manter os vários espaços abertos com um delivery que não terá custos para os restaurantes nem taxas de entregas para os clientes que façam encomendas.

O modelo de serviço de entrega ainda não está fechado, mas é certo que será sem custos de deslocação para os restaurantes ou para os consumidores”, revelou a presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, Luísa Salgueiro, ao “Expresso”.

O serviço irá ser fechado nos próximos dias, uma vez que o objetivo é que arranque já neste primeiro fim de semana com as novas medidas de restrição, em que os restaurantes não podem abrir a partir das 13 horas, apenas com serviço de delivery.

As novas medidas, apesar de drásticas, espera-se que sejam suficientes para trazer números menores de casos de Covid-19 ao País. “Conformo-me na esperança que a medida seja suficiente para ajudar a achatar a curva epidemiológica, mesmo que isso signifique penalizar uma das atividades de maior referência no concelho, conhecido sobretudo pelo seu peixe e marisco.”

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT