« Mozart: o piano no carvão que anda a tocar nas casas lisboetas

Solar dos Presuntos

Há seis anos a arrancaram as obras no Solar dos Presuntos. Desde essa altura que o projeto está definido. Houve alguns atrasos, a descoberta de um cemitério romano durante umas escavações e até uma pandemia pelo meio. Ainda assim, nada vez parar a ideia que Pedro Cardoso tinha para aquele espaço.

Ao mesmo tempo que as obras aconteciam nos últimos anos, o serviço nunca parou, e esse sempre foi o objetivo, continuar a servir os clientes. A pandemia trocou mais ou menos as voltas a todo este processo. A renovação seria para estar concluída no início do ano, mas a proibição de receber clientes durante o confinamento vez com houvesse uma ligeira alteração. A  cozinha do Solar dos Presuntos mudou-se para o Prior Velho em março, apenas em regime de take-away, e durante os meses seguintes, as obras ficaram todas concluídas.

Nessa altura, Pedro Cardoso contava a NiT que esperava abrir ainda em julho. Não se enganou muito, já que é no final de agosto que voltou a ter toda a equipa a trabalhar no renovado espaço. Quem olha por fora, no edifício da Rua das Portas de Santo Antão, parece que não vê grandes mudanças. A verdade é que do exterior não percebe todo o novo mundo que está no interior, como salas com garrafeiras premium, quartos, que vão receber hóspedes em breve, nos zonas de refeição e longe que aumentaram em muito a capacidade do restaurante e um terraço com mural de Vhils, que promete ser bastante concorrido.

Morada: R. das Portas de Santo Antão 150, Lisboa

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT