restaurantes

7 novos espaços onde pode comer e beber o que quiser sem pagar mais por isso

Há doses de picanha e peças de sushi, mas também cocktails, como as típicas mimosas, e ainda brunches em modo buffet.
Há picanha e muito mais.

O típico buffet, em que se levantava da mesa para encher o prato as vezes que quisesse, é algo que em tempos de pandemia deva ser evitado. Ainda assim, não quer dizer que não existam conceitos em que se mantém a lógica do comer até não conseguir mais. O Clube da Picanha, em Carcavelos, é um desses espaços.

Aqui paga 12,90€ e pode comer a picanha toda que lhe apetecer sem pagar mais um cêntimo. O projeto já existe desde janeiro de 2020, altura em que abriu o primeiro restaurante na zona de Alcabideche, em Cascais. Pouco mais de um ano depois, voltam a apostar num novo espaço, desta vez em Carcavelos e um conceito idêntico, onde manda a picanha em modo all you can eat.

Também com picanha à discrição, e onde se junta ainda o sushi, tem o recente Kodachi/Picanharia, na zona do Alto dos Moinhos, em Lisboa. Grande parte da ementa é dedicada aos sabores asiáticos, mas por ali também pode pedir a carne toda que quiser. Existem dois menus, ou seja, escolhe comer a picanha ou opta por pedir as peças de sushi até se fartar.

E se pensa que só há novas sugestões de comida, engana-se. Vai ter de ter arranjar espaço para beber todos os cocktails que conseguir. O Dear Breakfast está no espaço do Flat com um menu especial de brunch onde pode beber Mimosas, Aperol Spritz, Bloody Mary ou Margaritas nas doses que entender.

A mesma lógica de bar aberto encontra-se em Vila Nova de Gaia, no espaço do WOW. Paga 17,50€ e pode beber aquilo que quiser durante duas horas. Aqui as opções do brunch são à parte.

Carregue na galeria para conhecer os novos espaços onde pode comer e beber o que quiser.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT