Restaurantes

No novo Aron Sushi não há menus: os pratos são decididos para si pelo próprio chef

O Omakase Experience, em Lisboa, é o terceiro espaço do projeto. É exclusivo, personalizado e íntimo — vai ser surpreendido.
Preparado exclusivamente do chef para si.

As viagens até ao Japão ganharam um novo sabor e conceito graças ao chef Aron. Esqueça aquela ideia de que a gastronomia japonesa é feita à base de sushi e peixe cru. No AronSushi Estefânia vai descobrir outra dimensão desta cozinha feita especialmente para si: a Omakase Experience.

O restaurante abriu na primeira semana de outubro, na porta 19A da Rua Passos Manuel, e deixa a promessa de ser diferente de tudo aquilo que conhece. A decoração até pode ser idêntica à dos dois outros espaços do projeto — com os apontamentos em madeira, os tecidos típicos e a abundância dos tons preto, vermelho e amarelo. Porém, por aqui, vai ser recebido por funcionárias vestidas com os trajes tradicionais do Japão, os quimonos, e que o vão levar até à sala interior com capacidade apenas para 20 pessoas.

O objetivo do conceito é proporcionar uma experiência super exclusiva, personalizada e íntima. Os pratos vão ser pensados no próprio dia, atendendo às suas preferências e serão confecionados na totalidade pelo próprio chef Aron. “O cliente liga com pelo menos 24 horas de antecedência a reservar, vou de manhã ao mercado, e dependendo dos gostos de cada pessoa, compro ingredientes frescos e preparo-os”, revela à NiT. A cavala, “com o seu paladar incrível”, é um peixe que tem sempre bastante potencial, que pode ser preparado de inúmeras formas.

O corte, a confeção e a montagem dos pratos são da exclusiva responsabilidade do chef, e não só quando se trata de peixe. Aqui também vai poder experimentar especialidades de porco preto ou carne de vaca, feitos com base na formação de vários anos do profissional na cozinha japonesa. “As pessoas vêm à procura do Aron Chef e eu faço-lhes um menu exclusivo”, continua.

Aron Vargas de Almeida — nascido a 4 de fevereiro de 1979 em São Paulo, Brasil — começou a sua trajetória na área da restauração em meados dos anos 90 quando, com apenas dez anos, teve a primeira experiência com a cultura japonesa: aos fins de semana ajudava a sua mãe na copa de um restaurante tradicional da cozinha desse país. Estava diariamente em contacto com cozinheiros e sushimans e “tinha imensa curiosidade em aprender a culinária japonesa”, mas nunca o deixaram “por não ser japonês”.

O impedimento só fez, porém, com que ficasse ainda mais interessado. Aos 19 anos teve a oportunidade de ser ajudante de sushi num fast-food. Não satisfeito com a limitação e “com muita vontade de aprender mais”, decidiu emigrar para Portugal em 2001 para trabalhar num restaurante japonês em Cascais.

Em 2002, “cada vez mais apaixonado pela culinária japonesa e sempre com vontade de aprender mais”, foi trabalhar num restaurante tipicamente japonês, o AYA. Ali permaneceu durante dez anos, “em colaboração com um grande mestre”. Foi aperfeiçoando a sua técnica com formações e viagens ao Japão e, só após o falecimento do mentor, “seguiu o seu caminho”.

Em 2013, decidiu abrir o seu primeiro espaço, em São Sebastião da Pedreira. Impressionado com a receção muito positiva, inaugurou, dois anos depois, o seu segundo restaurante japonês em Lisboa, no Mercado 31 de Janeiro, no Saldanha. Não ficou por aqui e, agora, em 2022, apostou neste que é “um conceito inovador e altamente personalizado”: a Omakase Experience.

O nome explica a ideia: “Um espaço distinto, à base de um menu de degustação de pratos diferentes”, no qual se podem experimentar “receitas sazonais, elegantes e artísticas”, preparadas ao detalhe pelo chef Aron com os ingredientes mais frescos. “Aqui coloco tudo o que aprendi em cima da mesa”.

O espaço em si já não é novidade. Aberto desde abril, trabalhava apenas em regime de encomendas com serviço de entregas. “Depois da pior fase da pandemia, o take-away revelou-se uma boa aposta, recebemos muitos pedidos”, explicou o chef de 43 anos na altura da sua abertura.

Com a qualidade de sempre, mas com um novo conceito o mais recente espaço de Aron irá tornar-se uma referência incontornável para os amantes de sushi. “Quando saem de cá já estão a pensar em quando voltam”. O menu inclui pratos quentes, grelhados ou cozidos, além de sopas. Por 60€, pode experimentar entre quatro a cinco iguarias e ainda uma sobremesa. Para os mais gulosos e curiosos, há a opção de sete pratos, que custa 100€. Só não se pode esquecer de ligar, no mínimo, com 24 horas de antecedência e estar preparado para ser surpreendido.

As novidades de Aron não se ficam por aqui. O chef será também responsável pela carta de sushi doutro conceito que deverá ser inaugurado no próximo mês em Lisboa, na zona de Alcântara. Sem adiantar mais pormenores, Aron revela à NiT que será um espaço com comida até à meia-noite, altura em que se irá transformar num ambiente mais festivo com música e cocktails.

Carregue na galeria para ficar a conhecer este novo restaurante de sushi de Lisboa com um conceito inovador.

ver galeria

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua Passos Manuel, 19A
    1150-257 Lisboa
  • HORÁRIO
  • De terça a domingo das 12h30 às 15h e das 19h0 às 23h
PREÇO MÉDIO
Mais de 50€
TIPO DE COMIDA
Sushi

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT