Restaurantes

No novo restaurante de Lisboa quem manda é o choco frito

O espaço existe na zona da Penha de França e abriu numa outra morada na cidade e com um menu de petiscos mais alargado.
Tem choco frito para um, dois ou quatro pessoas.

As viagens até Setúbal para comer um bom choco frito vão ser mais reduzidas depois de conhecer o novo restaurante de Lisboa. O nome, Choco Frrito (sim, com dois r’s”), já é conhecido na cidade desde o verão de 2019. Na altura, os amigos Miguel Santos, Francisco Poças e Nuno Mourão, trouxeram o petisco até à zona da Penha de França. No final de 2021, o projeto ganhou mais uma morada e também uma ementa mais alargada.

“Pensámos neste novo restaurante, principalmente por duas razões: uma era porque queríamos estender a carta e ter mais petiscos disponíveis”, começa por explicar à NiT Miguel Santos, 44 anos. “Mas, oor outro lado, acreditamos que choco frito não é um prato que apeteça a todos durante toda a semana”, continua.

Aos menus clássicos de choco frito, que trouxeram também para o novo espaço da Rua Frei Amador Arrais, juntaram-se outros pratos à mesa. Tem por exemplo os cogumelos com presunto e ovo cozido a baixa temperatura (6€), o camarão à guilho (12,5€), ou o lombo de bacalhau com puré de grão e azeitona (12,5€).

Pode ainda experimentar o salteado de vitela dos Açores, o pica-pau com cogumelos e maionese fumada (7,50€), as bochechas de porco com puré de batata doce e bimis (8€), ou os ovos rebeldes (5€), uma versão portuguesa dos ovos rotos espanhóis.

A ementa e petiscos aumentou, mas as sugestões de choco frito também cresceram. Existem um menu simples para uma pessoa com batata frita e salada (9€) ou o menu completo, também para uma pessoa que junta dois choqrrettes, uns croquetes com choco (11€).

Depois existe um menu partilha para duas pessoas (20€), com choco frito, batatas e quatro croquetes, e até o Para Todos, que chega para quatro pessoas (30€). “É um bom menu para juntar os amigos. Aqui também temos mais espaço e até dá para ver os jogos de futebol.”

Parte destas novas criações do menu tornaram-se possíveis graças chegada do chef Afonso Alves, 23 anos. Na cozinha, além dos pratos e petiscos, também prepara sobremesas. São caseiras e uma em especial tem sido um sucesso.

“Já tivemos clientes a pedir o nosso pudim Abade de Priscos em tamanho grande para levar para festas.” No restaurante é servida uma fatia com crumble de canela (3,80€). Preparam ainda pêra bêbeda com gelado de canela (3,50€) ou o cheesecake de frutos vermelhos (3,20€).

O novo restaurante do Choco Frrito tem direito a duas salas (uma delas com televisão) e uma esplanada. Ao todo tem capacidade para 70 clientes. O horário é contínuo entre os almoços e jantares, por isso pode passar por lá à tarde para um petisco.

Neste momento, o restaurante da Penha de França está encerrado, mas deverá reabrir durante a primavera. “É um espaço mais pequeno, com a maioria dos lugares na esplanada, mais agradável numa altura de bom tempo.”

Ainda antes de vir para Lisboa, o projeto dos três amigos começou com um quiosque na Caparica, no exterior do bar O Golfinho.

Carregue na galeria para conhecer melhor o novo restaurante Choco Frrito.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua Frei Amador Arrais 16, 1700-220 Lisboa
    1700-220 Lisboa
  • HORÁRIO
  • Das: 11:00
  • Às: 01:00
  • Fecha à segunda
PREÇO MÉDIO
Entre 10€ e 20€
TIPO DE COMIDA
Petiscos

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT