restaurantes

A nova happy night de Lisboa com cervejas grátis e margaritas em promoção

O restaurante Salta criou uma happy hour que se prolonga até ao encerramento do espaço. Todos os dias há uma sugestão.
É a nova sugestão do Salta.

A história do Salta, o restaurante de Lisboa que abriu a 6 de maio, começa no Brasil, percorreu vários países e teve direito a conversas online no Zoom antes de tudo ficar finalizado. Um mês depois da inauguração, o espaço estreia a happy night, uma happy hour que se prolonga até ao encerramento e tem direito a várias ofertas, que mudam todos os dias.

Acontecem de terça a sexta-feira, entre as 18h30 e as 22h30. Há desde bebidas grátis até sugestões do menu a preços mais acessíveis. As terças são os dias indicados para os fãs de margaritas. Cada unidade vai custar 4€. Já as quartas são dias de tacos, com qualquer uma das opções a custar 5€.

Às quintas, há dois por um em cervejas. Neste caso, no Salta, servem Kirin, uma marca japonesa. Já no último dia da semana em que a oferta está disponível tem cocktails paloma a 5€.

Tomáz Reis e Pedro Lopes são apenas dois dos sócios que criaram este espaço. Conheceram-se em São Paulo, no Brasil, e são amigos desde os 15 anos. As famílias de ambos sempre estiveram ligadas à gastronomia. Passavam tardes a beber caipirinhas quando eram adolescentes, mas nada faria prever que anos mais estar estariam em Lisboa como sócios de um restaurante.

A este puzzle falta ainda juntar Rafael Almeida e Maurice Lisbona, amigos em comum de Tomáz e Pedro, as peças que o grupo precisava para avançar com o conceito. As primeiras conversas entre todos foram feitas no Zoom para acertar pormenores. Meses depois, com o espaço definido, avançaram para as obras e inauguraram o Salta no início de maio.

A ideia inicial era criar um conceito simples, focado em burritos, mas quando viram como o espaço iria ficar através das imagens de projeto pensaram em desenvolver algo mais sofisticado. 

Da mistura de culturas, sabores e ideias de todos, surgiu o menu do Salta. Pode começar uma refeição com os croquetes de pato servidos com molho de ameixa (8€, quatro unidades); o lombo de atum com arroz crocante e maionese picante (9,50€), ou a sandes mexicana com pão brioche da Gleba, entremeada de porco e cebola roxa (8,50€).

Nos pratos principais tem um ceviche de vieiras, preparado com um caldo de bonito (16€), o tiradito de lírio com jalapeños fermentados (15€), ou o joelho de porco frito com chili, cebola frita e coentros (8.50€).

Carregue na galeria para conhecer melhor o recente Salta.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua Rodrigo da Fonseca, 82A, Lisboa
    1250-096 Lisboa
  • HORÁRIO
  • Fecha ao domingo.
PREÇO MÉDIO
Entre 20€ e 30€
TIPO DE COMIDA
América latina, Asiática

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT