Restaurantes

A nova mercearia de Benfica é biológica, trendy e tem um brunch saudável e delicioso

O Pause abriu a 30 de setembro e já faz parte do bairro lisboeta. O conceito jovem está alinhado com os novos residentes.
O brunch é delicioso.

Maria Luís Silva e Paula Cartier têm 12 anos de diferença, mas têm algo que as aproxima: uma enorme paixão pela comida. Maria tem 39 e Paula 51, “embora ninguém os dê”. Conheceram-se através de amigos em comum e começaram a colaborar noutros projetos. Atualmente são sócias e amigas e, a 30 de setembro, abriram o Pause, a nova mercearia e café biológico de Benfica.

O nome transmite aquilo que pretendem que os clientes façam quando lá entram. “É tudo tão rápido e intenso, é preciso pausar no nosso dia-a-dia e termos momentos de tranquilidade e serenidade. No fundo, é parar e apreciar o que temos na vida”, conta à NiT Maria Luís Silva, que tem outro negócio no bairro desde 2018, uma lavandaria self-service. É “rookie” na indústria da restauração e Paula foi uma ajuda indispensável. Antes desta nova aventura, já tinha gerido outros estabelecimentos.

Embora estejam ali há pouco tempo, já fazem parte da vizinhança. A 30 de setembro abriram durante poucas horas, para uma “ação de charme”. Convidaram os vizinhos, os amigos e os trabalhadores do comércio local para se conhecerem e beberem um café ou sumo juntos. “Esta zona é sobretudo residencial, mas também há muitos serviços. Foi uma forma simpática de nos conhecerem”. Agora, já é comum ouvirem um “bom dia” quando estão a abrir o espaço. “Torna-se num sítio familiar, e é isso que queremos”.

Afirmam que Benfica está a mudar, e cada vez existem mais jovens a residir ali. O Pause vem preencher uma lacuna. “Temos muitos cafés aqui à volta, onde as pessoas vão comer um pastel de nata. Nós temos uma oferta diferenciada e havia esta necessidade, porque atrai o público mais novo”, confessa Maria. E há outra coisa que marca a diferença: os cães também são bem-vindos neste estabelecimento.

Quiseram levar para aquele bairro o conceito que já existe noutros locais de Lisboa. Têm bolos, bagels (desde 7,50€), panquecas (desde 5,50€), hambúrgueres (desde 11€), entre outras propostas, entre elas dois menus de brunch.

O Benfica (17€) tem granola caseira, iogurte grego, fruta da época, mel, mix de sementes, panquecas, ovos mexidos ou estrelados, bacon, feijão, tomate cherry confitado e cogumelos. Já o brunch Pause (19,50€) inclui parfait de aveia com mirtilos, iogurte grego, sementes de chia, canela, salmão fumado, ovos escalfados, espinafres, tomate cherry confitado, torrada, queijo, fiambre fumado e compota. Ambos incluem uma bebida fria (sumo de laranja, limonada, chá gelado ou sumo do dia) e uma bebida quente (galão, meia de leite, cappuccino, chá).

Também têm uma carta com pratos que poderá pedir durante todo o dia. Não é fixa e no futuro poderá mudar, porque pretendem renovar-se constantemente. No entanto, há produtos que nunca faltarão, como os ovos Benedict e as panquecas. “Não há como fugir”, brinca Paula. Destacam o hambúrguer de camarão (13,90€) ou as sobremesas deliciosas e sem açúcar, como a mousse de chocolate de 70 por cento cacau (3,50€) e a tarte de lima (4€).

As propostas não se ficam por aqui. Nas entradas tem guacamole e nachos (6,50€), sopa do dia (2,30€), crocantes de camarão (8,50€) e um trio de húmus, abacate e beterraba com palitos de vegetais (6,50€). Tem um hambúrguer de vaca com cebola caramelizada, queijo, ovo estrelado, maionese, salada e chips (12,50€) e uma opção vegan, com hambúrguer de feijão preto com beterraba, pickles de cornichons, espinafres, amêndoa laminada e chips (11€). Sempre que possível usam produtos portugueses na confeção caseira destes pratos e, muitos deles, são biológicos — como o café (90 cêntimos), por exemplo.

Em termos de decoração, tem um look mais tradicional, graças aos azulejos (“que não o são”) no chão. Estes apontamentos são complementados pela madeira e pelos tons verdes, para puxar aquela sensação de natureza e terra, algo que faz sentido dado o conceito biológico e saudável do Pause.

Até agora, o feedback tem sido “muito positivo”. “Dizem-nos que já fazia falta um espaço assim no bairro e até agradecem. Inicialmente passavam a medo e desconfiavam, mas agora as pessoas veem mais movimento e entram. Há uma grande proximidade”, conta Paula Cartier. Benfica está-se a reinventar, e o Pause pretende ser um spot a visitar para a nova geração que para lá se muda.

Carregue na galeria e conheça a nova mercearia e café biológico de Benfica.

ver galeria

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua Amélia Rey Colaço Loja 5G
    1500-037 Lisboa
  • HORÁRIO
  • Terça-feira a domingo das 9h às 19h
PREÇO MÉDIO
Entre 10€ e 20€

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT