Restaurantes

Novo Cibû serve bocados de Trás-os-Montes em tachos de barro preto

O restaurante em Leça da Palmeira tem sempre peixe fresco, escolhido no próprio dia, no Mercado de Matosinhos.

“Ora dá cá um cibû”, é uma expressão típica de Trás-os-Montes que significa “partilha um pedaço”. Hugo Portela ouviu-a vezes sem conta quando era miúdo e vivia em Chaves. Anos mais tarde, quando abriu o próprio restaurante em Leça de Palmeira não conseguiu encontrar um nome mais indicado do que aquele regionalismo. Mais do que uma homenagem à terra natal do chef, é uma forma de apresentação do espaço portuense pensado para quem gosta de partilhar.

“Sempre que vou jantar fora com a minha namorada pedimos pratos já a pensar em partilhá-los. Adorámos este conceito de provar diferentes petiscos com quem gostámos. Quando pensei no meu próprio espaço sabia que tinha de ser algo dentro deste conceito”, conta à NiT o chef de 40 anos.

Hugo Portela nasceu em Chaves e licenciou-se em Saúde Ambiental. Ainda trabalhou na área um par de anos, mas rapidamente percebeu que a sua paixão eram os tachos. Foi estudar cozinha para a Escola de Hotelaria e Turismo do Porto e daí rumou à Noruega, para trabalhar no restaurante Maemmo com uma estrela Michelin. Daí rumou para Barcelona para trabalhar no Enoteca. Antes de regressar a Portugal passou ainda por vários hotéis na Suíça.

Com saudades de casa regressou ao Porto para abrir a The House of Sandeman, com o chef Pedro Limão. Depois seguiu-se a cozinha do Digby, no Torel Avantgarde, logo a seguir do Hilton Porto Gaia e a pré-abertura do The Largo.

A experiência adquirida a liderar cozinhas com ritmos intensos inspirou o desejo de abrir o seu próprio espaço. O sonho tornou-se realidade este ano com a inauguração do Cibû, em Leça da Palmeira, com a colaboração da namorada, Sara Silva. Sem orientações sobre a direção que devia seguir, Hugo Portela optou por prestar homenagem às suas origens transmontanas, incluindo outros pratos tradicionais.

Palmier de presunto e queijo de Nisa (6,50€), pastel recheado com toucinho de porco (6,50€), feijoada de cachaço e alheira (22€), ou costela mindinha (24€), são apenas algumas das opções. Os pratos de peixe variam consoante o que Hugo Portela encontra diariamente no Mercado Municipal de Matosinhos. “Vou sempre escolher o que está mais fresco e preparo os pratos conforme a oferta.”

Apesar de muitos dos pratos poderem ser incluídos e retirados do menu de acordo com a época do ano, o transmontano reconhece que alguns são para permanecer. É o caso da cabidela de asas (22€), feita com frango do campo, as espetadas de lulas e chouriço (12€) ou a receita que trouxe de casa da avó: a açorda de polvo (32€). “Era o prato que comíamos a seguir ao bacalhau e antes de ir para a Missa do Galo”, recorda.

Os ingredientes são todos de pequenos produtores nacionais. Os enchidos são de porco alentejano, o pão é de fermentação natural, o folar representa as origens de Hugo Portela e até os tachos de barro preto, produzidos em Bisalhães, fazem parte da identidade do Cibû. Para beber, há vinhos “que não se encontram nos supermercados”, selecionados por Carla Moutinho, a chef de sala do espaço.

A lista de sobremesas inclui algumas bem conhecidas dos portugueses. Natas do céu (8€), arroz-doce (8€), bolo de bolacha (8€) ou pudim flan (8€) são apenas alguns exemplos. No outono, Hugo Portela irá apresentar alguns doces conventuais para complementar os pratos que serão também “mais substanciais e mais robustos”.

O Cibû “tem um ar muito rústico” com uma grande parede de pedra a cercar a sala interior com 36 lugares. A esplanada, que receber mais 16 clientes, será inaugurada em breve.

Carregue na galeria para ver mais imagens do novo restaurante em Leça da Palmeira.

O novo restaurante fica na Rua do Castelo e tem sempre peixe fresco, escolhido no próprio dia, no Mercado de Matosinhos.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    R. Castelo 15
    4450-632 Leça da Palmeira
  • HORÁRIO
  • Quarta a sábado das 19h às 22h
  • Sábado e domingo das 12h30 às 15h
PREÇO MÉDIO
Entre 20€ e 30€
TIPO DE COMIDA
Portuguesa

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT