Restaurantes

O dia em que Gorbachev levou a neta à Pizza Hut e acabou ovacionado

A cadeia norte-americana convidou o líder político para participar numa campanha. Surge ao lado da neta, na altura com 11 anos.
Fotografia: YouTube.

Mikhail Gorbachev, o último líder da União Soviética e um dos impulsionadores do fim da Guerra Fria, morreu esta terça-feira, 30 de agosto, vítima de “doença grave e longa”, segundo avançou fonte da Clínica Central de Moscovo à agência TASS, aqui citada pelo “Observador”.

Ao longo dos seus 91 anos de vida, contudo, o estadista não se destacou apenas pelas suas conquistas políticas. Gorbachev será, igualmente, sempre lembrado, pelo anúncio da cadeia norte-americana Pizza Hut que protagonizou em 1998. A provar isto mesmo está o facto de, logo após a morte do estadista se tornar pública, o anúncio ter voltado a tomar conta das redes sociais.

No vídeo, o russo surge ao lado da neta, Anastasia Virganskaya, que na altura tinha 11 anos. Com um dia de chuva como cenário, a dupla passeia pelas ruas de Moscovo, junto à Catedral de São Basílio, antes de entrar num dos espaços da marca, onde divide uma pizza.

Assim que o reconhecem, uma família no interior do restaurante começa a a debater as reformas políticas e económicas implementadas pelo russo enquanto secretário-geral do Partido Comunista Soviético, cargo que ocupou de 1985 a 1991. O pai defendia que a a União Soviética estava “um caos” e que Gorbachev era o culpado pela “instabilidade” que se vivia. Já o filho, acreditava que o político era o responsável por haver “liberdade” e “esperança”,

O acordo chega, como muitas vezes acontece, através da intervenção da mãe. “Graças a ele, temos coisas como a Pizza Hut”, comenta. O anúncio termina com todos a saudar o russo.

Apesar de não ter sido transmitido na Rússia, o anúncio foi divulgado internacionalmente. O dinheiro ganho por Gorbachev foi utilizado em projetos da fundação que comandava. A Pizza Hut abriu o seu primeiro restaurante na União Soviética, em 1990.

Em julho, após meses com os espaços fechados em protesto conta a invasão da Ucrânia, na madrugada de 24  de fevereiro, a a marca contou que ia vender todas suas operações no país.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT