Restaurantes

O icónico Café de São Bento lançou um vinho para acompanhar o “melhor bife de Lisboa”

Para celebrar o 40.º aniversário, a famosa casa lisboeta criou um tinto em parceria com a Ravasqueira — e já está à venda.
Uma forma diferente de celebração.

Aquece-se a chapa ou a frigideira, coloca-se o azeite ou a manteiga e frita-se o bife. Não há nada como um bom clássico e quando se trata de cozinhar um naco de carne não existem muitos segredos nem grandes mistérios. Em teoria, é impossível errar. Na prática, poucos conseguem fazê-lo de forma tão aprimorada como no Café de São Bento.

Em plena rua que lhe dá o nome desde 1982, é destaque em diversos meios onde não faltam elogios à receita de Bife à Marrare exclusiva da casa. O ingrediente base não é a carne do pojadouro usada na receita original, mas sim a carne do lombo fresco. Também o molho foi alterado, mas permanece (claro) em segredo da casa. É servido com ovo “a cavalo” e chega à mesa acompanhado por uma generosa dose de batatas fritas. Não é por acaso, portanto, que tantos defendam que este é mesmo o “melhor bife de Lisboa”.

Há 40 anos que o Café de São Bento serve o prato que tornou o espaço conhecido e agora arranjou um acompanhante à altura. Para comemorar as quatro décadas de vida, o icónico restaurante de Lisboa quer que os seus visitantes levem um pouco deste projeto e da sua essência para casa.

Desta forma, lançaram um tinto reserva 2020 — “a companhia perfeita para as festividades à mesa que se aproximam”, garantem. A sugestão foi criada em parceria com a Ravasqueira, com enologia liderada pelo Chief Winemaker David Baverstock e com a consultoria do escanção Rodolfo Tristão.A bebida integra as castas Syrah, Touriga Nacional, Alicante Bouschet e Touriga Franca, e encontra-se disponível para venda, por enquanto, no restaurante, pelo preço de 32€.

O vinho com travo a frutos do bosque, é “evidente e poderoso, mas vibrante na acidez e frescura”, e apresenta notas de pão tostado e leite creme queimado oriundas do estágio de 18 meses em barricas de carvalho francês e americano. Na boca é estruturado, mas guloso, ideal para acompanhar uma refeição, com grande potencial de envelhecimento em garrafa.

“É uma forma de materializar a celebração dos 40 anos de casa, 40 anos de história, e de estórias. Quisemos comemorar esta importante data com uma ação que envolvesse os clientes, e que agora podem levar para sua casa um pouco do Café de São Bento, sobretudo nesta altura de festividades que se aproxima, marcada pela partilha à mesa”, comenta Miguel Garcia, recente sócio-gerente do restaurante.

Situado junto à Assembleia da República, o espaço é conhecido pelo ambiente intimista, proporcionado pela decoração de estilo clássico e vitoriano, onde predominam os tons vermelhos e as madeiras escuras. A celebração desta data especial não se fica por aqui — serão anunciadas algumas novidades no início do próximo ano.

Carregue na galeria para descobrir (ou rever) este icónico restaurante lisboeta.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT