Restaurantes

O restaurante onde deixar o telemóvel trancado numa jaula vale um desconto de 20%

Nada de fotos para partilhar nas redes sociais ou enviar aos amigos. A ideia é fazer apenas o que é suposto: comer e conversar.
Tranca o telefone e recebe descontos.

Chega a um restaurante, pede os pratos do menu e antes de os atacar com a faca e garfo tira fotos de vários ângulos para partilhar nas redes sociais. É um ritual para muitos desde que os telefones com câmaras se tornaram banais. A prática tornou-se de tal modo habitual que um espaço próximo de Londres (Inglaterra) resolveu lançar uma campanha para evitar que os clientes peguem nos telemóveis.

O conceito está a oferecer descontos a quem conseguir resistir a esta prática. Só tem que guardar o equipamento numa jaula durante toda a refeição. Sim, leu bem.

“Muitas vezes, olhamos para os clientes e percebemos que passam muito tempo agarrados aos telemóveis, incluindo famílias inteiras”, explicou Rajeev Gupte, responsável pelo restaurante Spice Fusion ao “KenOnline”. Gupte adotou a ideia ao espaço que gere depois de ter ido jantar ao tal conceito nos arredores de Londres. Passou a propor aos seus que deixassem de usar o telefone durante as refeições.

“O jantar é melhor quando comemos juntos”, este é o mote da iniciativa que arrancou em março no Spice Fusion, segundo a publicação no Facebook. E para que todos abdiquem visivelmente do telefone existe uma pequena gaiola no centro da mesa onde todos os convivas do grupo podem deixar o equipamento fechado.

“Estamos a oferecer 20 por cento de desconto em mesas de quatro ou mais pessoas se todos os clientes concordarem em trancar os telefones para que se possam concentrar em coisas realmente importantes.”

A campanha promocional aplica-se às segundas-feiras aos jantares. A oferta não é válida se apenas for pedido o menu de degustação para duas pessoas.

A jaula fica na mesa fechada a cadeado.

Segundo a “Food&Wine”,  esta não é a primeira vez que surge uma iniciativa deste género no Reino Unido. Por exemplo, os espaços Tea Terrace Restaurants and Tea Rooms tiveram nas mesas, em 2017, uma caixa com cadeado para esse efeito.

Já o Fat Boar, em Wrexham, optou por uma ideia semelhante, mas neste caso eram os funcionários a ficar com as chaves para que os clientes não sucumbissem à tentação de abrirem os cadeados e acederem aos telefones.

Ainda assim, em nenhum destes últimos espaços mencionados era dado um desconto aos clientes se conseguissem resistir ao desejo de tirarem fotografias ou consultarem as redes sociais, como acontece com o Spice Fusion.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT