Restaurantes

No novo restaurante de Matosinhos há peixe fresco e fondant de caramelo

No RuGa's, o peixe puxa carroça, com a ajuda de fondants de caramelo, pudins de mascarpone e um secreto doce da casa.

O fondant do RuGa's em versão de caramelo
A sala com capacidade para 35 pessoas
A alternativa: posta de carne ao lume
O brás que troca o bacalhau pela alheira

Dita a probabilidade que um novo restaurante em Matosinhos tenha, na maioria dos casos, uma carta dedicada ao peixe. No caso d’O RuGa’s, a tradição não é esquecida. “Não é possível fugir-lhe”, revelam os proprietários que, ainda assim, quiseram criar um espaço para todos: amantes de carne, peixe, massas e doces.

No conjunto de ruas onde, porta sim, porta sim, se tropeça no “melhor peixe de Matosinhos”, o RuGa’s não quer criar uma revolução. O espaço escolhido por Ruben Godinho e Gabriel Duarte era, aliás, mais uma dessas casas que cumpriam com rigor a tradição. Conheceram-se no antigo Shis em 2009. Um servia à mesa, o outro era barman, mas já ambos sonhavam gerir um restaurante em nome próprio. Sete anos depois, a oportunidade revelou-se quando o Casa Teresa fechou portas e o espaço ficou disponível. Despediram-se dos restantes projetos e decidiram unir esforços.

“Nunca poderia abrir o restaurante sozinho e foi a partir daí que o Gabriel se juntou. Cumprimos a promessa que tínhamos feito, a brincar, aqui há alguns anos. Queríamos fugir um bocadinho ao conceito do restaurante de peixe fresco mas também sabemos que aqui isso seria impossível”, explica Ruben.

Na carta de tradição portuguesa é possível encontrar robalos, douradas, rodovalhos, bacalhau, polvo ou lulas, na brasa ou no forno. Mas antes, há uma seleção de entradas não menos típicas: polvo com molho verde (4,5€), gambas ao alho (4€), amêijoas à Bulhão Pato (10€/18€) ou à espanhola (10€/18€).

“O peixe, apesar de tudo, tem um papel principal. Quando se entra num restaurante desta zona, as pessoas estão à espera de o encontrar na carta. Mas em quatro ou cinco que entram, há sempre uma que prefere comer outra coisa e para essas temos outros pratos com outros ingredientes.”

A alternativa compõe-se de um tagliolini com gambas e amêijoas (9,5€) ou linguini mediterrânico (8€), secretos de porco (8€/12€) ou posta no lume (12€). Na sempre unânime secção dos doces, Ruben e Gabriel optaram por uma escolha mais diversa. Há fondant de caramelo (4€), a “loucura” do pudim de mascarpone com coulis de frutos vermelhos (3,5€), tiramisú (3,8€) e a sobremesa da casa, o doce de três leites (3€).

O espaço para 35 pessoas terá brevemente uma expansão, graças a um projeto da Câmara: “Todos os restaurantes desta rua vão ter uma esplanada nova e moderna, lá mais para o verão, que vai permitir ter mais 20 a 30 lugares.”

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua São Sebastião, 10
    - Portugal
  • HORÁRIO
  • Todos os dias (exceto à terça-feira)
  • Das: 12:00
  • Às: 15:00
  • Das: 19:00
  • Às: 23:00
PREÇO MÉDIO
Entre 10€ e 20€
TIPO DE COMIDA
Portuguesa

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT