restaurantes

O Therapist regressou à Lx Factory — e está como novo

O restaurante saiu do confinamento com uma nova decoração e novos pratos, sempre dedicados a uma cozinha funcional.
Há muitas novidades para provar.

As mudanças no Therapist já estavam pensadas, não foi uma ideia que surgiu durante o período de confinamento. “Nesta fase não podíamos mesmo deixar cair o que tínhamos pensado. Fazem falta sítios novos e com boa energia”, explica à NiT Joana Teixeira, a responsável pelo espaço da Lx Factory, em Lisboa. 

O projeto arrancou em 2017 como clínica de terapias e cafetaria. Em 2019 mudou para restaurante com uma oferta mais alargada. E este ano mais uma mudança tanto no menu, como da decoração do interior, que está totalmente diferente.

“Achámos que, por vezes, não era claro para os clientes que usamos produtos locais, sem açúcar refinado e ingredientes frescos. Os vários bolos, as panquecas é tudo feito aqui.”

A ementa surge reorganizada com novas sugestões pensadas pela chef Amábile Kolenda. “ Já tinha feito um workshops connosco há dois anos e quando pensámos em alguém para esta mudança, veio-nos logo à cabeça. Já trabalhava com a cozinha funcional, por isso a adaptação foi fácil.”

A nova decoração.

O menu mantém-se focado nos quatro pilares do espaço: detox, power, immunity e mind, cada um com ingredientes e funções no organismo específicas. Assentes nestes pilares encontra pratos principais, bruschettas, panquecas, bowls e sumos.

Tem, por exemplo o atum braseado com sésamo preto, abacate, salada de aveia em grão, pepino, tomate, espinafre e molho de iogurte (10,90), do detox; a panqueca de manteiga de amendoim, morango e coco  (5,90€) do power; a salad imunidade, com aveia, espinafres, couve flor assada, molho de pesto vegan e batata doce (6,90€); ou a bowl de açaí com frutos vermelhos, banana, lascas de coco e granola doce (6,90€).

A loja online vai passar a ser física.

Nas bebidas, além dos sumos prensados a frio, e que ficaram disponíveis na loja online que o Therapist abriu em abril, preparam também sugestões alcoólicas. Tem a sangria de kombucha, em jarro (14€) ou em copo (3,90€), o Porto tónico (6€) ou a amarginha (6€). “Quisemos usar nestes cocktails bebidaas portuguesas.”

Devido à limitação de lugares, o restaurante tem capacidade para 32 pessoas no interior. Já na esplanada sentam-se mais 26. É lá dentro que se vêem as grandes mudanças na decoração. As mesas são novas e feitas em exclusivo para o Therapist por um dos vizinhos da Lx Factory, a marca Boa Safra.

Bruschetta de cavala.

Já os azulejos, que decoram as paredes e também servem para colocar o QR Code da ementa são da Azulcer, uma empresa também nacionais que produz azulejos à mão. Já os quadros são da autoria de Luísa Passos. “Trabalha no restaurante desde o início e nunca tínhamos exposto nada dela.”

Todo este espaço será replicado no segundo restaurante que a marca tem, na Rua Rodrigo da Fonseca, até ao final do ano. Novidade na Lx Factory é também a criação de uma loja que terá produtos a granel. “O objetivo é passarmos para o espaço físico a loja online que criámos”, explica  Joana Teixeira.

Estão também a desenvolver um Lab, um conjunto de eventos que vão ter no espaço, como workshops com vários convidados. O take-away e o delivery mantém-se.

A esplanada tem 26 lugares.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua Rodrigues Faria 103, Lisboa
    1300-472  Lisboa
  • HORÁRIO
  • Todos os dias das 9h30m às 22h
PREÇO MÉDIO
Entre 10€ e 20€
TIPO DE COMIDA
Saudável

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm
Novos talentos

AGENDA NiT