Restaurantes

Ordem dos Médicos quer separação entre vacinados e não vacinados nos restaurantes

O bastonário Miguel Guimarães disse que os “autotestes nos restaurantes para as pessoas irem almoçar e jantar não faz sentido nenhum”.
É uma proposta de Miguel Guimarães.

Numa entrevista à “TVI24”, o bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, defendeu que nos restaurantes deveria haver uma divisão entre vacinados e não vacinados contra a Covid-19. O bastonário disse que os “autotestes nos restaurantes para as pessoas irem almoçar e jantar não faz sentido nenhum”.

Miguel Guimarães defende que deveria haver mesas separadas para quem tem (e para quem não tem) o certificado digital que comprova que levou a vacina. O bastonário acrescentou ainda que os restaurantes deveriam ter um selo específico quando todos os funcionários estão vacinados.

Durante a entrevista, reforçou também a necessidade de vacinar os jovens entre os 12 e os 15 anos, algo que tem sido bastante discutido nos últimos dias. Neste momento, para irem a restaurantes com os pais, têm de fazer um teste antes de entrarem — já aos menores de 12 anos não é exigido um teste negativo à Covid-19. Esta terça-feira, 3 de agosto, abriu o auto-agendamento para os jovens de 16 e 17 anos.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT