Restaurantes

Os moliceiros carregados de sushi já atracaram no Braço de Prata em Lisboa

O Subenshi abriu a 19 de maio com um único objetivo: impressionar. E está a cumprir, dos pratos à decoração.
Um dos moliceiros com as peças.

Bernardo Embaixador tinha um sonho: ser campeão de jiu-jitsu. Com apenas 16 anos convenceu os pais a deixarem-no ir viver para o Brasil, onde o desporto estava mais desenvolvido e havia espaço para competir. Como o progenitor tinha negócios em Maragogi, acabaram por permitir. Durante três anos dedicou-se totalmente à arte marcial, foi campeão na sua categoria e acabou rendido a algo que por lá estava em crescimento: a cozinha japonesa. A aventura fê-lo mudar de rumo e, pelo caminho, tornou-se proprietário de uma cadeia de restaurantes de sushi. O último abriu a 19 de maio, no Braço de Prata, em Lisboa.

Durante a estadia no Brasil, o jovem natural de Aveiro passava os dias a treinar, comer (muito sushi) e dormir. “Fiquei lá até aos 19 anos e quando regressei estava completamente apaixonado pela cultura japonesa. A disciplina, a organização e, claro, o sushi”, conta à NiT o gestor de 34 anos.

Se recuarmos a 2009, o ano em que Bernardo chegou a Portugal, os restaurantes de sushi eram escassos e decidiu abrir um. Antes, estudou cozinha japonesa e gestão hoteleira. Em 2014, inaugurou o primeiro Subenshi em Aveiro, a sua cidade natal.

“Correu super bem, o conceito foi muito recebido e, em 2017, avançamos para o Porto. Este ano decidimos consolidar a marca por cá. Não poderíamos sair do País, como desejamos, antes de abrir um restaurante na capital”, revela o proprietário.

Os moliceiros carregados de sushi — um dos pormenores distintivos do conceito — atracaram no Braço de Prata a 19 de maio. A localização do novo Subenshi, embora pouco consensual, foi pensada ao detalhe. “Queríamos estar num bairro sem concorrência, que estivesse em crescimento. Atualmente esta é uma das zonas mais in de Lisboa”, explica Bernardo Embaixador.

Têm um dos maiores aquários em vidro da Europa.

O aveirense trouxe o Subenshi para a capital com um único objetivo: impressionar. O restaurante com 75 lugares tem o maior aquário de vidro da Europa. E ali nada foi deixado ao acaso, nem podia. “Temos um teto com mais de seis mil paus suspensos, moliceiros de cinco metros suspensos, alguns exemplares criados pela Boca do Lobo, e uma peça completamente diferenciadora: um cofre de 400 quilos, onde vamos servir o flute de espumante de boas-vindas aos clientes”, adianta.

O objetivo? Proporcionar “uma experiência premium” — onde o sushi é rei. A carta do espaço no Braço de Prata inclui as já famosas gambas Subenshi em tempura com amêndoa laminada e cebolinho (16,90€ para quatro unidades), tártaro de atum (24,95€), ceviche de espadarte (16,95€) ou ceviche Nikkei de salmão (16,95€). Há também sashimi single (9,95€), sashimi red eyes (12,95€), temaki de salmão (7,50€), temaki vegetariano (7,50€) ou temaki de atum (11,90€).

Se procura sugestões menos habituais, o chirashi (37,50€), o tártaro de toro e caviar (59,90€), sashimi de toro e caviar (42,90€) ou os combinados de gunkans, ou nigiris (22,95€) são boas opções.

A lista de menus inclui o Benshi XL (54,9€ com 26 unidades), o Kaishi L e XL (64,95€) ou vegan (27,50€ com 20 unidades).

Ao almoço, durante a semana, haverá um menu executivo especial por 24,95€, que inclui uma entrada e uma combinação de 15 peças. Para acompanhar, Bernardo sugere as champanhadas de frutos vermelhos (28,80€) e maçã verde e maracujá (28,80€) ou os cocktails “que são as sugestões mais pedidas”.

Quando terminar a degustação do sushi, não se esqueça da lista de sobremesas, que inclui o Benshi ló (9,70€), a tarte azuki (9,75€), o parfait de teriyaki (8,60€) ou o tempura ice (8,60€).

Os objetivos da marca a curto prazo passam pela internacionalização. Em breve, poderá provar as propostas do Subenshi em Marbella (Espanha) e no Dubai (Emirados Árabes Unidos).

Carregue na galeria para ver imagens do novo espaço da marca aveirense em Lisboa.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    R. C ao Braço de Prata 1C 5
    1950-322 Lisboa
  • HORÁRIO
  • Terça a quintadas 12h às 16h
  • Sexta-feira e sábado das 12h às 16h e das 19h30 às 23h30
  • Domingo das 12h às 16h e das 19h30 às 22h30
PREÇO MÉDIO
Entre 30€ e 50€
TIPO DE COMIDA
Japonesa

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT