Subscreva a nossa newsletter para receber as melhores sugestões de lifestyle todos os dias.

Restaurantes

Os novos hambúrgueres do Mito invadiram a street food do Porto

O restaurante portuense adaptou-se à pandemia e criou numa nova ementa — com alguns velhos clássicos à mistura.
Eles têm novidades.

A segunda vaga da pandemia fez das suas e obrigou o chef Pedro Braga a repensar o negócio. Com menos clientes nas mesas, o Mito decidiu fazer uma pausa e apostar forte na street food — neste caso, nos hambúrgueres artesanais, com o toque habitual do espaço da Baixa portuense.

O objetivo é que a carta mais simples e mais acessível permita cumprir “o objetivo de sobreviver”, e de “planar por cima da crise”. E, para isso, foram criados seis hambúrgueres.

O pão de brioche é caseiro e depois usado para criar quatro versões de carne de vaca, uma de frango frito e outra de salmão. Como é hábito no Mito, tudo vai ao carvão para ganhar o sabor fumado e característico.

Assente em sabores clássicos, o New Classic (9€) aposta num hambúrguer de 150 gramas com queijo Cheddar, maionese de alho negro, alface, tomate, cebola rocha e cornichons. O Bacon Cheese Burger (9€) opta por acompanhar a carne com três doses extra de queijo Cheddar, bacon, tomate e alface.

Já o Onion BBQ (9€) vem recheado com carne, cebola grelhada, molho barbecue e alface. O Wild Mushroom (13€) aposta num hambúrguer acompanhado de cogumelos silvestres, queijo Cheddar, maionese de alho negro, ovo e alface.

Num tom diferente surge o Fried Chicken (9€) com frango frito no lugar da carne de vaca, coleslaw, couve roxa, maionese e cornichons. E o Ginger Salmon (11€) num hambúrguer de salmão picado com gengibre e ervas, kimchi, maionese e alface. Por fim, o Smoked Courgette (11€), a versão veetariana, com burger de curgete, paprika fumada, cebolinho, maionese de sriracha e alho negro.

Para acompanhar, as indispensáveis batatas fritas (1,5€), a batata doce frita com molho de manteiga de cebola e cebolinho (2€) ou aros de cebola fritos (2€).

Da velha carta transitam os clássicos como os croquetes de boi velho (1,5€ a unidade) com maionese de chouriço e as bolas de berlim (2€ a unidade) com recheio de creme de presunto pata negra e bacon. Há também asas de frango gritas com molho barbecue (4,5€) e couve grelhada com maionese de alho negro e cebola frita (3,5€).

Para terminar, chega o conhecido Sticky Toffee Pudding (4€), um bolo de tâmaras com molho toffee e creme fraîche ou o Brownie de Chocolate com manteiga de amendoim (3,5€).

As bolas de berlim salgadas são um sucesso do Mito — e continuam disponíveis

Esta será a estratégia para tentar sair vivo do outro lado da crise pandémica, já que Pedro Braga reconhece que “o nosso produto não tinha versatilidade para o delivery”. Assim, a aposta recai em opções mais acessíveis, rápidas e sempre deliciosas.

Quanto ao regresso, o quando é ainda uma incógnita, mas deixa uma promessa: “Assim que seja possível, voltaremos a ser o Mito que éramos”. E acrescenta: “Não hesitarei em fazê-lo regressar assim que isso possa acontecer”.

Por enquanto, é possível provar os cozinhados do chef em formato hambúrguer (e em alguns clássicos) no local — os horários estão, para já, condicionados às circunstâncias da pandemia — ou em formato take-away e delivery através da Uber Eats.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua José Falcão 183, 4050-317
    4050-317 Porto
  • HORÁRIO
  • Das: 12:30
  • Às: 22:30
  • Sexta e sábado até: 23:00
  • Domingo: Encerrado
PREÇO MÉDIO
Entre 10€ e 20€
TIPO DE COMIDA
Petiscos

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT