Restaurantes

Otsumami, a izakaya sobre rodas tomou conta desta praça em Belém

Há gyozas, espetadas grelhadas, sunomono e cocktails que combinam o espírito da caipirinha com sakê.
A foodtruck está no Largo da Princesa

Estacionada desde o início de junho no Largo da Princesa, em Belém, a Otsumami é uma foodtruck que une três culturas, do Brasil ao Japão, passando por Portugal, o país que Rachel Stockman e Edimar Correia escolheram como nova casa.

Rachel nasceu em Inglaterra, mas sempre teve uma ligação forte ao Brasil, país de origem da mãe. Foi por lá que conheceu Edimar, hoje seu marido e companheiro de negócios. A veia para a cozinha tem origem no brasileiro de 39 anos, que cresceu entre a enorme comunidade japonesa de São Paulo, onde aprendeu a dominar a técnica japonesa.

Mais ligada à moda e ao marketing, a britânica de 32 decidiu que não queria voltar para Londres. De saída do Brasil, o casal acabou por apontar ao melhor dos dois mundos, uma espécie de cheirinho brasileiro na Europa: Portugal. Chegaram após a pandemia e nos planos não estava um projeto de restauração.

Edimar puxou dos galões e começou a trabalhar num espaço de sushi em Lisboa, o Ōshiki. Rachel dedicou-se ao negócio da perfumaria. Demoraram quatro anos até tomarem nova decisão drástica, a de arranjarem um negócio só seu onde pudessem ser donos e senhores de toda a gestão.

“Ele é um mestre no que faz. Disse-lhe que tínhamos que abrir um negócio, mas ele só o faria numa condição: esteve 20 anos numa cozinha e não queria ver mais paredes. Foi assim que surgiu a ideia da rulote”, explica Rachel à NiT. Sushi estava fora de questão, por todas as questões logísticas. Pensaram então no conceito da izakaya, das tascas japonesas, com petiscos para provar de garrafa de cerveja na mão.

Está recheado de opções japonesas.

Encontrar o local não foi fácil. Tentaram a Junta de Freguesia, que revelou que os locais estavam todos preenchidos. Insistiram, apresentaram o conceito e reclamaram que se tratava de algo diferente do que já existia. A teimosia valeu-lhes a aprovação e desde o início de junho no Largo da Princesa, um “espaço que precisava de ter mais alguma vida”, isto apesar de estar ali a poucos metros das agitadas rotas turísticas da zona.

E para que se mantenha o espírito da izakaya, a foodtruck faz-se acompanhar de uma pequena esplanada com espaço para 20 pessoas.

Na ementa sobressaem as gyozas, o grande bestseller, servidas com recheio de frango (4€), porco (4,5€) e legumes (4€), sempre em duas unidades. Seguem-se as Yaki, as espetadas grelhadas de frango, porco, camarão, beringela marinada em miso e pimentos padrón, que variam entre os 3€ e os 3,5€.

Há ainda Harumaki, rolinhos primavera com recheio de frango e sweet chilli (2,5€), queijo com trufa (2,5€) e vegetais (2,5€); camarão em tempura (5€); edamame (3€) e sunomono (2,5€). Depois só tem que escolher o que beber: uma cerveja japonesa ou o cocktail de sakê, a sakerita, uma combinação entre a especialidade japonesa e a caipirinha.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Largo da Princesa
    1400-024  Lisboa
  • HORÁRIO
  • Quinta a domingo das 12h30 às 21h
PREÇO MÉDIO
?

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT