Restaurantes

Prémios NiT 2024: eles são os melhores e mais talentosos chefs do ano

Uns conquistaram estrelas, outros levaram a cozinha portuguesa ao resto do mundo. E há quem espalhe a sua influência por Portugal.

A trilogia de categorias da secção de Comida encerra com o título individual, que na verdade nunca o é. Por detrás de cada chef está uma ou mais equipas que ditam o sucesso de cada um dos projetos. Mas eles nunca veriam a luz sem o esforço, a ambição e empreendedorismo das mentes que criaram os pratos mais criativos.

A NiT revisitou o último ano e elegeu cinco nomes para a categoria de Melhor Chef. Agora é responsabilidade dos leitores da NiT votarem naquele que consideram ser a melhor opção. O processo de votação decorre online e todos podem votar até 7 de fevereiro, nos Prémios NiT 2024, que são realizados em parceria com a Caravela Seguros.

Aos 51 anos, Nuno Mendes é um regresso aguardado pelos portugueses, depois de mais de duas décadas a levar a cozinha nacional às mesas de alguns dos melhores restaurantes de Londres. Por lá cresceu, abriu vários projetos e ganhou uma estrela.

Num regresso inesperado, trocou a sua Lisboa pelo Porto, onde em 2023 fez nascer o Cozinha das Flores, curiosamente (ou nem por isso) um dos espaços nomeados na categoria de Melhor Restaurante dos Prémios NiT 2024.

Ao seu lado neste elenco está outro nome bem conhecido cá e lá fora, Henrique Sá Pessoa, figura quase sempre presente nos ecrãs de televisão e pioneiro da nova geração de programas de culinária. Longe das câmaras, mantém-se irrequieto. Além de em 2023 ter dado a mão a um novo restaurante no Vinha Boutique Hotel, onde já dirigia o espaço gastronómico Vinha, também viu ser inaugurado o JOIA, spot londrino com a sua assinatura na carta.

Entre os mais jovens, destaca-se Vasco Coelho Santos, representante da nova geração de cozinheiros. A veia empreendedora continua a dar frutos, com a abertura do Kaigi, um espaço de matriz japonesa, pertencente ao Grupo Euskalduna que conta já com cinco negócios — entre eles o inevitável Euskalduna Studio, com o qual conquistou uma estrela Michelin no Guia de 2023.

Mais focados na capital estão os outros dois nomeados. Desde logo Vítor Matos, que tem percorrido o norte de uma ponta à outra — ganhou estrela no Antiqvvm, gere o Blind e ainda dá um saltinho a Trás-os-Montes para comandar a cozinha do restaurante do Vidago Palace Hotel — deu um salto a Lisboa para abrir não um mas dois projetos, o 2Monkeys (nomeado na categoria de Melhor Restaurante) e o Black Pavilion.

E é também por Lisboa que Marlene Vieira continua a ser uma força a ter em conta, seja no seu mais informal Zunzum ou aos comandos do espaço gastronómico Marlene, onde exerce toda a sua criatividade e engenho ao serviço da cozinha portuguesa contemporânea.

Carregue na galeria para conhecer todos os chefs nomeados para os Prémios NiT 2024.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT